Playlist

quarta-feira, 2 de novembro de 2011

O líder e suas polêmicas

O Corinthians é líder novamente do Campeonato Brasileiro de 2011, em sua divisão de elite. Desde que começou o Campeonato, o time de Parque São Jorge e´o que mais tempo ficou na liderança, porém como todos os anos,quando se trata de Corinthians, sempre paira uma desconfiança de que tudo conspira a favor  para que o time seja campeão.

As razões são sempre as mesmas. A boa relação do atual presidente do time e a cúpula da CBF, que fizeram com que a abertura da Copa de 2014 fosse retirada do Morumbi e marcada para um estádio que sequer foi construída construída acirrou o ódio que o time alvinegro provoca em seus rivais.

Denúncias de investimento público no estádio, através de um financiamento do BNDES, que aliás, como Banco de Desenvolvimento e com o apoio do Governo Federal tem financiado a construção de arenas esportivas para o evento, acreditando que a Copa do Mundo de 2014 seja mais que somente um evento futebolístico, como pensam as minúsculas cabeças que militam na crônica esportiva.

Enfim, Copa do Mundo a parte, a polêmica do momento é a realização do jogo entre Corinthians e América-MG em Uberlândia. O America, já com 99% de chances de rebaixamento, resolveu transferir o jogo para um estádio maior, dentro do Estado de Minas Gerais, o Parque do Sabiá, em Uberlândia. Decidiu ainda que, dos 53 mil ingressos a venda, 40.134 estarão nas mãos de torcedores do time paulista e somente 12.866 estarão a disposição do time mineiro. Todos a um preço médio de R$40,00.

O interesse óbvio é de ter um estádio cheio e poder faturar mais dinheiro nessa reta final do time Americano na série A. A crônica paulista em verdadeiro "ataque de pelanca" como diz Ricardo Boechat, considera um absurdo. Para alguns, inclusive o time mineiro deveria ser punido. Não compartilho dessa opinião. Sei da dificuldade do time pequeno para pagar sua participação em uma série A do Brasileiro e quando os times partem para essa saída, a escolha não é técnica, mas puramente financeira. Em um ambiente altamente profissional, posso entender a escolha, embora não concorde. Acho que o América deveria jogar onde se propôs a jogar desde o começo do campeonato, mais perto da sua torcida.

O fato é que o América, a exemplo de Atlético e Cruzeiro estão sem estádio. O estádio Independência, de propriedade do Coelho, está em reformas e só ficará pronto em 2012, ano do centenário do time. Não tive o trabalho de pesquisar, mas não acredito que o time Americano levou mais torcida do que Flamengo, Vasco ou São Paulo nos jogos no Independência. Mas enfim, está estabelecida a polêmica. 

Lembro-me de um jogo em que o Parana Clube, se não me engano, disputou contra o Internacional de Porto Alegre em Cascavel, conhecido reduto gaúcho dentro do Parana. Não acredito em sã consciência que um presidente de clube faça isso propositadamente para perder um jogo. Apenas para aproveitar a fase para ganhar dinheiro. Pode parecer imoral de fato, mas é uma "imperfeição" do regulamento, que permite a transferência dos jogos para longe da cidade sede do clube mandante. 

Enfim, com toda essa pressão, é bem capaz que o América-MG consiga parar o Corinthians. Vamos ver!!!

Marcelo Alves Bellotti

Nenhum comentário:

Postar um comentário