Playlist

sexta-feira, 27 de novembro de 2015

Levir Culpi... Mais do mesmo

Levir Culpi teve a oportunidade de ser diferente! Chegou do Japão ditado regras sobre comportamentos e mentalidades com relação à parte diretiva do futebol brasileiro! A cada entrevista se mostrava um cara diferente, disposto a mudar a mesmice existente no futebol no Brasil, falando com propriedade sobre ética e comportamento.

Mas enfim, não somos o que falamos e sim o que fazemos. Nesse sentido o técnico do Atletico mostrou ser mais do mesmo! Após reuniões para renovar o vínculo, não houve acordo e o técnico preferiu sair do time, deixando o trabalho a duas rodadas do fim do campeonato.

São várias as alegações, todas elas válidas e sinceramente não me sinto em condições para analisar o que aconteceu nesse caso específico! O fato concreto é que ele confirma a relação entre técnicos e clubes na estrutura do futebol no Brasil! Muito diferente do seu próprio discurso o técnico demonstrou ser igual aos demais, fez um acordo e saiu do time 

Pelas estatísticas dos clubes brasileiros somente o Corinthians até agora passou o ano sem trocar o seu comando técnico! Tite segue firme, mesmo sabendo como o sistema é estruturado no Brasil! 

No fim das contas, acredito que a postura igual de Levir Culpi só favorece a um acerto mais rápido com outro time e colabora com o sistema... Como diz o Capitão Nascimento: "O sistema é foda"

Marcelo Alves Bellotti 

segunda-feira, 24 de agosto de 2015

Análise dos times somente pelas fichas técnicas

Ouvi muito sobre técnicos nesse fim de semana... Professor pardal, fim de ciclo, gênio, melhor do Brasil, acertador de time... Eis que vi o que mudou desde 01/02/2015, data da largada do Paulistão 2015 até agora... fiz somente uma análise baseada em fichas técnicas. Os resultados são:

5 times - 4 trocas de técnicos: Escalações dos times de São Paulo:

1 - Ponte Preta - time da estréia do Paulistão: Reynaldo; Rodinei, Raphael Silva, Renato Chaves e Rodrigo Biro, Bruno Silva, Josimar (Paulinho), Renato Cajá e Thomás (Biro-Biro), Rildo e Fábio Santos (Wanderson). Técnico: Guto Ferreira.

Ponte Preta no último jogo contra o Sport: Marcelo Lomba, Rodinei, Renato Chaves, Pablo e Gilson; Fernando Bob, Elton e Bady (Felipe); Cesinha (Leandrinho), Felipe Azevedo (Keno) e Borges-
Técnico: Doriva

No total, além do técnico foram 8 mudanças além do técnico.

2 - Corinthians na estréia do Paulistão: Cássio; Fágner, Felipe, Gil e Fábio Santos; Ralf; Elias (Bruno Henrique, 36’/2T), Renato Augusto (Danilo, 24’/2T), Jadson e Emerson Sheik (Luciano, 30’/2T); Guerrero. Técnico: Tite

Corinthians contra o Santos: Cássio; Fagner, Felipe, Gil e Uendel; Bruno Henrique, Elias, Renato Augusto e Jadson (Danilo); Malcom (Mendoza) e Luciano (Vagner Love) Técnico: Tite

Total de 4 mudanças (3 se considerarmos que o Bruno Henrique jogou o primeiro jogo)

3 - Santos na estréia do Paulistão: Vladimir, Victor Ferraz, Gustavo Henrique, David Braz e Chiquinho; Alison, Renato e Lucas Lima; Geuvânio (Ricardo Oliveira), Robinho (Lucas Crispim) e Thiago Ribeiro (Elano)  Técnico: Enderson Moreira

Santos do último jogo: Vanderlei; Victor Ferraz, Gustavo Henrique, David Braz e Zeca; Thiago Maia, Renato e Lucas Lima (Paulo Ricardo); Geuvânio (marquinhos Gabriel), Gabriel (Neto Berola) e Ricardo Oliveira Técnico: Dorival Júnior

Total novamente de 4 mudanças

4 - Palmeiras na estréia do Paulistão: Fernando Prass; Lucas, Tobio (Jackson), Vitor Hugo e Zé Roberto; Renato e Gabriel; Allione (Cristaldo), Robinho e Maikon Leite (Victor Luis); Leandro Pereira Técnico: Oswaldo de Oliveira

Palmeiras do último jogo: Fernando Prass; Lucas, Jackson, Vitor Hugo e Egídio; Andrei, Arouca (Rafael Marques), Zé Roberto e Cleiton Xavier (Amaral); Dudu e Barrios (Cristaldo)
Técnico: Marcelo Oliveira

São Paulo da estréia no Paulistão: Rogério Ceni; Bruno, Rafael Toloi, Edson Silva e Carlinhos (Reinaldo); Denilson, Maicon, Michel Bastos e Thiago Mendes; Alan Kardec (Cafu) e Luis Fabiano (Alexandre Pato)  Técnico: Muricy Ramalho

São Paulo na última partida: Renan Ribeiro; Bruno, Lucão, Luiz Eduardo e Reinaldo (Wesley - 8'/2ºT); Thiago Mendes, Michel Bastos, Ganso e Carlinhos; Pato e Luis Fabiano (Wilder - intervalo). Técnico: Juan Carlos Osorio.

No Palmeiras são cinco mudanças. No São Paulo então... Pare e pense... você mesmo assim acredita que a culpa da inconsistência da produção do seu time é culpa do técnico?

Marcelo Alves Bellotti

segunda-feira, 10 de agosto de 2015

Brasileirão série A: Estádios Cheios?

Estou iniciando uma análise, que inclui a análise rodada após rodada do comportamento dos torcedores do Brasileirão. Muito se fala do aumento do público nos estádios e supervalorizam públicos acima de 40 mil pessoas e se decepcionam com os públicos fracos dos times de Santa Catarina, como se eles fossem os vilões do Brasileirão 2015.

Resolvi então criar um conceito. O de ocupação nos estádios, para dizer então qual torcida consegue encher mais o seu próprio estádio, ou pelo menos aonde mandou o seu jogo. O resultado é obtido através da simples divisão do público pela capacidade do estádio informada aos seus torcedores. O percentual obtido é tratado da seguinte forma:

0% - Portões Fechados
1% a 20% - Péssimo (Estádio às Moscas)
21% a 50% - Ruim (Estádio Vazio)
51% a 70% - Regular (Estádio razoavelmente cheio)
71% a 89% - Bom (Estádio Cheio)
Acima de 90% - Ótimo (Estádio Lotado)

Começamos pela análise da 16ª Rodada utilizando esse critério. Assim que tiver acesso aos borderôs da 17ª rodada faço a análise. 


Nesta rodada então o destaque fica para os jogos do Flamengo no Maracanã, do Palmeiras no Alianz Parque e do Atlético-MG no Mineirão.

Marcelo Alves Bellotti

sábado, 1 de agosto de 2015

Futebol do interior Paulista cada vez pior

Primeiro o Esporte Clube XV de Novembro (Jaú), depois o União São João de Araras, depois o Radium FC .Oficial.... times de tradição que se licenciaram... 

Depois assistimos o Oeste mandando seus jogos em Osasco, sem apoio da prefeitura que não entrega um estádio digno a um time que está na série B do Brasileiro... Agora Guaratinguetá! 

O Atlético Paranaense, após se sagrar campeão paulista da série A2 alugando o time da Ferroviária, fará o mesmo com o Guaratinguetá na série C. O site oficial do clube já anunciou isso, inclusive a "possível transferência de seu mando de campo para Curitiba, facilitando os treinamentos e a logística dos jogos". 

Segundo ainda o site do clube, "O acordo entre Atlético Paranaense e Guaratinguetá tem como objetivo também no futuro uma possível progressão da parceria com a Ferroviária. O time que defenderá o Guaratinguetá, neste ano, poderá servir como "base" para a Ferroviária, que disputará a Série A1 do Campeonato Paulista do ano de 2016."

Estão matando o nosso futebol. Aplaudo as parcerias, mas aquelas que guardam e respeitam a identidade dos times com suas cidades e seu povo. O futebol (que é um negócio lucrativo) deve ser visto como a manifestação de uma cultura popular, que deve respeitar alguns princípios. Se faz necessário uma intervenção para resguardar não o interesse comercial, mas o interesse de toda uma cidade que tem um time a representá-lo

Por essa razão, deve se diferenciar de uma empresa comercial. Caso contrário, está assinando sua sentença. Vai funcionar como esporte de elite, praticado por poucos e feito exclusivamente para que o povo veja na TV!

Marcelo Alves Bellotti

sexta-feira, 31 de julho de 2015

Estádio Alianz Parque... prós e contras

O Palmeiras é um sucesso de público nos estádios. Realmente a torcida do verdão tem mostrado ser um grande patrimônio d clube, apoiando o time e ajudando na reconstrução de um Palmeiras grande como ele deve ser. Os torcedores vibram com o sucesso do programa de sócio torcedor, que hoje conta com 129.583 adesões o que o coloca na segunda posição no "ranking" do programa "por um futebol melhor".

Parque Antártica 
O Palmeiras também reconstruiu o seu estádio. No lugar do charmoso Parque Antártica temos o Alianz Parque. Esse estádio foi construído pela WTorre e teve custo estimado em R$630 milhões de reais, Pelo acordo feito entre Palmeiras e gruo WTorre, a empresa administrará o estádio por um período de 30 anos, sendo que o Palmeiras ficará com toda a receita gerada nas partidas de futebol durante esse período.

Esse acordo foi considerado revolucionário por "especialistas" da imprensa esportiva brasileira, pois se opõe a acordos de pagamento mensal por construção das Arenas. Ela simplesmente foi construída para o Palmeiras jogar futebol. Os torcedores cada vez mais se orgulham do novo palco, que leva o Verdão sem dúvida a outro patamar.

A questão é... como fica a conta dos 630 milhões? Elas são pagas através da exploração do estádio com os naming rights, venda de camarotes, estacionamento, patrocínios, cadeiras cativas (aí existe uma discussão entre a empresa e o clube, sobre o direito de comercialização das cadeiras) e shows. Entenda melhor essa conta na matéria feita pelo Globo Esporte clicando aqui.

Como o Alianz Parque é administrado pela WTorre, cabe ao Palmeiras o pagamento de um "aluguel" pela utilização do estádio nos jogos de futebol, para cobrir os custos gerados pelo próprio estádio. Esse custo, deixando bem claro, seria "pago" mesmo se a administração ficasse a cargo do Palmeiras. Na inauguração do estádio, o repórter Jorge Nicola em seu blog estimava o custo de R$420 mil por partida, a serem pagos a WTorre para despesas diversas geradas pelo estádio em jogos de futebol.

Paulo Nobre, atual mandatário do Palmeiras, em uma entrevista ao jornal Agora aumentou esse custo fixo e detalhou a situação do Palmeiras para jogar na nova casa. Sobre as despesas, Nobre declarou: "As pessoas acham linda a nova arena do Palmeiras. Só que a nova arena do Palmeiras, se eu não conseguir R$ 700 mil de renda, eu pago para jogar. É lindo ver uma renda de R$ 2 milhões, só que quando der R$ 500 mil, eu vou pagar de R$ 200 mil a R$ 250 mil. É um estádio caro, o custo fixo do Allianz Parque é altíssimo", justificando-se pelo preço alto do ingresso. 

Nobre ainda é defensor de torcida única para o estádio, por razões econômicas: "Economicamente é muito mais interessante. Quando você cede dois mil ingressos, perde muito mais que dois mil. Com torcida única, atendemos mais torcedores, ganhamos mais dinheiro e de maneira indireta, evitamos que pessoas se machuquem ou acabem até morrendo", declarou .

Esse modelo, portanto, deve ser entendido como ele de fato é... Um negócio que hoje é bom para ambos os lados e que deve ser trabalhado pelo Verdão de modo a ou baixar esses custos fixos ou manter a Arena lotada por 30 anos, caso contrário, esse acordo pode custar caro ao time do Verdão. Essa "matemática também é explicada por Nobre "O palmeirense é assustadoramente engajado, mas ele precisa estar de bom humor. De bom humor, ele é um excepcional consumidor. De mau humor, não vai consumir. "

Enquanto isso, a torcida vai dando seu espetáculo.

Marcelo Alves Bellotti

quarta-feira, 15 de julho de 2015

De pai para filho... Rivaldo e Rivaldinho

Rivaldo segue sua carreira... como dirigente não tem tido muito sucesso afrente do Mogi Mirim, porém como jogador de futebol, mostrou alegria e devolveu a felicidade ao Sapão.

Dificilmente vamos conseguir mensurar o sentimento desses dois personagens do jogo de ontem, entre Mogi Mirim e Macaé. O time do Sapão está na última colocação do campeonato e luta muito contra o rebaixamento e enfrentava uma poderosa equipe, que está lutando para o acesso. Porém o que se viu ontem foi um belo espetáculo, que marcou uma história muito bonita para Rivaldo, que hoje com 43 anos jogou ao lado do seu filho, Rivaldo Junior e derrotar o Macaé pelo placar de 3 a 1...

Mais do que isso... Rivaldo Junior marcou dois gols e Rivaldo também deixou sua marca de pênalti. Um roteiro de cinema que entra para a história do futebol brasileiro e que vai ficar marcado para sempre. Um pai jogando profissionalmente junto com o seu filho.

Parabéns, Rivaldo's. Pode ser que para a competição essa dupla não seja eficaz para tirar o Sapão da situação em que se encontra, mas para o futebol, foi ago muito bacana.


Marcelo Alves Bellotti

sábado, 11 de julho de 2015

E se inicia a série D


E vamos começar com as notícias da série D em 2015. Após o término da Copa América, teremos então a formação dos grupos para a disputa da série D. Esse torneio é apresentado pelo movimento Bom Senso como uma alternativa para o fim dos regionais, fazendo com que os clubes da elite do futebol não sejam expostos a quantidade de jogos da maneira como acontece hoje.


Mas nos moldes que ela é disputada, ela não pode ser apontada como alternativa. Vamos analisar então a disputa... Não há previsão de cotas de TV para as séries C e D, somente o apoio de algumas emissoras locais. Apresentamos então, os grupos da competição, que são regionalizados, o que o grupo (Bom Senso) aponta como uma solução para os problemas de transporte.

O campeonato será disputado por 40 times divididos em oito grupos de cinco times cada.

Grupo A1  - Rio Branco-AC, Nacional-AM, Náutico-RR, Vilhena-RO e Remo-PA. Vamos analisar o grupo do ponto de vista do Remo. Para disputar as oto partidas previstas para a primeira fase, o time do Remo vai viajar 1.790 Km para jogar em Vilhena, 1.454 Km para jogar em Caracaraí (Nautico-RR), 1.295 Km para jogar contra o Nacional e 2.340 Km para visitar o Rio Branco. No total são 6.879 Km para poder jogar a primeira fase. 

Obviamente que quase a totalidade dos seus torcedores não acompanharão o time nessa viagem, que não se considerarmos as estradas que ligam essas cidades, a distância se torna mais que o dobro. O cálculo é feito somente em linha reta. Significa que os gastos serão necessariamente em viagens aéreas.

Vamos analisar os times do Sul/Sudeste. O grupo A8 é formado pelas equipes do São Caetano-SP, Lajeadense-RS, Foz do Iguaçu-PR, Volta Redonda-RJ e Metropolitano-SC. Analisando pelo time de São Paulo, teremos: 845 Km para jogar em Lajeado, 834 Km para jogar em Foz do Iguaçu, 284 Km para jogar em Volta Redonda e 446 Km para jogar em Blumenau, contra o Metropolitano. Serão 2.409 Km para jogar a primeira fase.

Quando o Congresso Nacional encaminha a aprovação de uma Lei de responsabilidade, onde os dirigentes só poderão gastar em formação de equipes e nas temporadas aquilo que arrecadarem, sob pena de responderem legalmente sobre isso, o futebol no Brasil segue cada vez mais inviável, sendo que em pouco tempo os clubes menores seguirão o movimento que podemos acompanhar hoje, cada vez mais os menores fechando suas portas.

Se o futebol é encarado por todos como uma paixão nacional, estamos matando ele em sua base, que são as pequenas cidades, fazendo com que o pequeno menino desenvolva a paixão por esportes que ele consegue jogar na cidade, restringindo o mercado as grandes capitais.

Não adianta cada vez mais apontar erros, devemos propor soluções conjuntas, que privilegiem o futebol enquanto esporte e não somente o bem de alguns grupos em detrimento de outros.

Pobre futebol brasileiro...

Marcelo Alves Bellotti

sábado, 20 de junho de 2015

Federação Paulista e seu campeonato!

O Campeonato Paulista primeira divisão - série A1 se encerrou em 26 de Abril de 2015. Foi uma jornada de 18 rodadas, com jogos a cada quatro dias em que tudo o que pudemos ouvir foram críticas da mídia quanto a organização e do sentido do campeonato.

A Federação distribuiu aos clubes, de acordo com a sua colocação os valores conforme abaixo:

Campeão - R$3 milhões
vice - R$1 milhão
3 e 4 - R$300 mil
5 a 8 - R$200 mil
9 ao 16 - R$100 mil
os quatro rebaixados - nada

Cotas de Televisão
O Campeonato Paulista de 2015 segundo informou a ESPN distribuiu aos seus participantes a seguinte cota de Televisão, negociados ECLUSIVAMENTE pela FPF:

R$ 14,2 milhões para Corinthians, Santos, São Paulo e Palmeiras 
R$2,75 milhões para os 16 clubes restantes

Receitas
Se considerarmos somente a receita dos quatro clubes grandes, a FPF arrecadou dos clubes os seguintes valores:

Corinthians - R$784.940,25
Santos - R$235.933,50
São Paulo - R$148.058,25
Palmeiras - R$1.166.297,06
----------------------------
Total - R$2.335.228,96


Além disso, a FPF também arrecada exclusivamente com as publicidades dentro dos estádios, conforme regulamento Geral das competições:

Art. 28 - Somente a FPF poderá autorizar a colocação de placas de publicidade estática e/ou eletrônica, em primeira e segunda linhas, tapetes e de qualquer outra modalidade de material de merchandising nos Estádios, cabendo aos Clubes mandantes das partidas a responsabilidade pelo cumprimento desta obrigação, sob pena de interdição do Estádio, além de eventuais multas contratuais. 

Despesas de uma partida de futebol:
Com relação as despesas relativas aos jogos, que são organizados pela FPF e que precisam obedecer os regulamento, estes fazem parte da obrigações dos clubes. As obrigações são do clube mandante, devendo ser pagos diretamente ou por intermédio da FPF:

a) Ambulância;
b) Policiamento;
c) Ingressos e catracas;
d) Arrecadadores, bilheteiros, fiscais, monitores e porteiros (quadro móvel) e seus
encargos;
e) Seguro torcedor;
f) Fundo de manutenção de estádios;
g) Arbitragem e seus encargos, de acordo com as normas vigentes;
h) Exame antidoping, a ser realizado de acordo com as normas vigentes;
i) Recolhimento previdenciário sobre a receita bruta;
j) Aluguel de campo;
k) Contribuição à entidade de administração do desporto;
l) Outras obrigações estabelecidas por contrato, por lei ou pela FPF.

Como podemos ver, a perspectiva de arrecadação das Federações são infinitamente superior as despesas que tem com os clubes. E ainda recebem diretamente do borderô % da renda bruta, o que garante o recebimento de um valor mesmo que o jogo der prejuízo.

Uma parte da mudança do nosso futebol só será possível quando esse assunto for repensado. Nesse tópico citamos apenas os quatro clubes de mídia de São Paulo e da série A1 (primeiro nível). Por isso que a cada ano, os participantes do Paulistão são cada vez menos.

Pobre futebol...

Marcelo Alves Bellotti

segunda-feira, 8 de junho de 2015

Técnicos brasileiros e seu perfil

Tenho escutado dos técnicos brasileiros que o grande problema do futebol brasileiro são os professores de Educação Física que infestam a base... que técnicos brasileiros, apesar de não trabalharem em nenhum lugar do primeiro nível do futebol mundial com destaque... que não acreditam nesses técnicos que vão a Europa tirar selfie e dizer que estão reciclando, etc, etc...

Enquanto isso, seus times em geral vivem de contra-ataque, bolas aéreas e jogadas de escanteio e faltas laterais. Fazem coletivos e rachões e ganham em geral, mais de 500 mi por mês

O perfil do técnico Brasileiro...

O técnico do Santos declarou após o jogo contra a Ponte Preta:  "É hora de dar chutão e parar de sair jogando. Eu sou da época de dar chutão e foi aquilo que falei lá dentro, para eles. Perdemos dois pontos de novo e será difícil recuperá-los. Lá em Minas, vai ser a hora do vamos ver"

Helio dos Anjos, técnico do Goiás declarou: “Fiquei chateado por tomar um gol aos 48 minutos. Não é fácil. Entramos com uma proposta clara. Nosso time não tem a característica de ter muita posse de bola. Mas poderíamos ter segurado um pouco mais nos minutos finais”

Felipão declarou, após o jogo contra o Veranópolis: " Me expulsei. Mais vergonha do que isso, impossível passar. A equipe não apresenta nada daquilo que a gente faz no treinamento. Não adianta ficar enganando a torcida do Grêmio. Não tinha mais o que fazer, fui embora para o vestiário. Acabou o assunto. Não criamos nada, os adversários vêm aqui e tomam conta do jogo. Não aproximamos. Faltava 3 ou 4 minutos e fui embora. Para não tomar uma atitude errada e esfriar a cabeça".

Marcelo Alves Bellotti

segunda-feira, 1 de junho de 2015

Taubaté Campeão da A3

O time do Burro da Central conseguiu reverter a vantagem conseguida pelo Votuporanguense no primeiro jogo. Mesmo com a derrota por três a zero no primeiro jogo, o time do Taubaté foi superior ao longo dos 90 minutos e se sagrou campeão.

Parabéns ao Taubaté pelo título e para a Votuporanguense, o Juventus e o Atibaia pelo acesso para a série A2 em 2016


Marcelo Alves Bellotti

sábado, 30 de maio de 2015

Destaques da Segundona nesse Sábado

A Segunda divisão do Paulistão 2015 abriu nesse sábado a sétima rodada. Confira os placares e os destaques.

No grupo 1 o Grêmio Prudente assumiu a liderança  ao bater o VOCEM em Assis pelo placar de dois a zero. O VOCEM está fazendo uma campanha excelente e mesmo com a derrota, segue na segunda colocação com dezesseis pontos a oito pontos (isso mesmo!!!) do terceiro lugar.O Grêmio Prudente tem 19 pontos em sete jogos. A rodada segue amanhã com Bandeirante x América, Tanabi x Assisense, José Bonifácio x Noroeste, Osvaldo Cruz x Fernandópolis.

No grupo 2 o destaque vai para o jogo do Futebol Ltda, com o Desportivo Brasil de Porto Feliz empatou com o Desportivo Brasil de Ribeirão Preto pelo placar de 1 a 1. Nesse momento o Lemense que cumpre uma boa campanha abr o placar contra o São Carlos e vai vencendo por um a zero. Os outros jogos do grupo, Inter de Bebedouro x Elosport, Barcelona x Olímpia e Amparo e Palmerinha serão disputados amanhã.

No grupo 3 apenas o jogo entre Jabaquara x Diadema será disputado amanhã. Os demais jogos foram disputados hoje. No Baetão, ontem a noite, o Cachorrão que faz uma excelente campanha derrotou a equipe do Guarulhos de virada e segue liderando a Segundona. A Lusa Santista se recuperou da derrota contra o Mauaense na última semana e goleou o fraquíssimo ECUS pelo placar de 4 a 0. A Mauaense consolidou a sua recuperação na Segundona. O time do técnico Jobel chegou a terceira vitória consecutiva, bateu o Taboão da Serra pelo placar de dois a zero. Pra fechar, o Manthiqueira de Guaratinguetá derrotou o USAC (União de Suzano) pelo placar de dois a um.

Os destaques dessa segundona realmente são o VOCEM, o Grêmio Prudente, o São Bernardo e a Briosa de Santos, que mostraram um trabalho bastante consistente até aqui. Pelos jogos que acompanhei, o Mauaense tem uma grande chance com os novos reforços de recuperação e classificação.

Confira a segundona nesse espaço!

Marcelo Alves Bellotti

terça-feira, 26 de maio de 2015

Dança dos técnicos

Mais um técnico de futebol demitido no país do futebol. Trata-se agora de Wanderley Luxemburgo no Flamengo, juntando-se a outros técnicos demitidos por ausência de resultados no meio do trabalho. É estranho como um profissional aceita trabalhar nas condições que oferecem aos técnicos brasileiros.

Fica fácil compreender quando falamos em salários. Certa ocasião em um programa na FOX, o técnico Vagner Mancini quando perguntado se o Botafogo lhe devia algo, disse que tinha assinado um contrato por Nove Milhões de reais e tinha recebido apenas os dois primeiros meses. Consultando as bases do contrato na época de sua assinatura, falava-se de um contrato de nove meses, Então pela conta o treinador ganharia um milhão por mês???

É incrível como se contrata e demite sem qualquer critério. A ignorância do dirigente brasileiro é tão grande que salta os olhos. Recentemente o Vasco contratou um treinador que ficou famoso por privilegiar a construção de uma equipe pela marcação forte e na sua apresentação, o dirigente máximo falava que tinha trazido um técnico que faria com que o Vasco jogasse privilegiando o ataque.

Não sabemos planejar, não temos noção do que são valores empresariais e tratamos tudo como resultado e business, sem saber ao certo o que significam gestão por resultados e bussiness plan. E assim vamos levando... pobre futebol!

segunda-feira, 25 de maio de 2015

Calendário Brasileiro e times em São Paulo

Temos que melhorar o nosso calendário, pois ele afeta desde o time de maior torcida até o time de cidades pequenas, que não consegue movimentar multidões aos estádios. Estamos no quinto mês do ano e é interessante mapearmos dos clubes de São Paulo qual a situação de cada um deles.

Hoje o Estado de São Paulo temos 60 clubes devidamente inscritos na primeira divisão (séries A1, A2 e A3), mais 30 times inscritos na série B. Estamos atualmente na quinta rodada da Segundona, o que garante a atividade desses 30 times, que são divididos em grupos regionalizados, garantindo que as suas viagens sejam curtas e barateando os custos das equipes. Temos então todos os 30 times ativos

Dos times da primeira divisão, temos a seguinte situação:

- Quinze Clubes disputando competições Nacionais, sendo:
  • Cinco clubes na série A, (Corinthians, Palmeiras, Ponte Preta, Santos e São Paulo)
  • Três clubes na série B (Bragantino, Oeste e Mogi Mirim)
  • Três clubes na série C (Guarani, Guaratinguetá e Portuguesa)
  • Três clubes na série D (São Caetano, Red Bull e Botafogo)
  • Um clube na Copa do Brasil (Ituano)
- Dois clubes disputando a final da série A3 (Taubaté e Votuporanguese)

- Dezoito clubes se preparando para a disputa da Copa Paulista (Audax, Barbarense, Catanduvense, Grêmio Barueri, Independente, Juventus, Linense, Mirassol, Nacional, Paulista, Penapolense, Primavera, Rio Branco, Rio Preto, São Bento, São Bernardo, São José e XV de piracicaba

- Vinte e Cinco clubes inativos, que ao final dos estaduais optaram por não disputar nenhuma competição. (Água Santa, Atibaiia, Barretos, Batatais, Capivariano (decidiu não disputar, apesar de estar incluso na tabela da Copa Paulista), Comercial, Cotia, Ferroviária, Flamengo de Guarulhos, Francana, Inter de Limeira, Itapirense, Marilia, Matonense, Monte Azul, Novorizontino, Osasco, Rio Claro, Santacruzense, Santo André, São José dos Campos, Sertãozinho, Atlético Sorocaba, Tupã e Velo Clube.

No total, 28% dos times da capital estão sem atividade, sendo que os que disputaram a série A1 jogaram 15 jogos (exceto o Capivariano que disputou a Copa do Brasil - 19 jogos). Os que disputaram a série A2 disputaram 19  jogos (exceto o Santo André, que disputou 21 jogos) e os que disputam a primeira fase da A3 disputaram 19 jogos e os times que disputaram a segunda fase da A3 jogaram 25 jogos.

Em contrapartida, temos o Corinthians que jogou até agora 30 jogos e o São Paulo com 28 jogos. São no total 1 jogo a cada 4 dias. Santos tem 27 jogos na temporada e o Palmeiras tem 25. Ponte Preta tem 23 jogos.

Esse é o nosso calendário. O Futebol, acima de ser negócio, precisar de recursos para ser viabilizado, tem essa realidade que precisa ser encarada. Vinte e cinco clubes inativos que se mataram e estouraram seu orçamento em nome de uma paixão, jogando como loucos a cada quatro dias e em quatro meses já não tem mais objetivos. 

Por outro lado, temos quatro times que precisam jogar a cada 4 dias para poder pagar salários e estourar orçamentos e fazer loucuras em nome de jogadores medíocres e técnicos que mais parecem ter o rei na barriga e que não chegam a responder em 10% do que ganham.

É preciso passar a limpo o futebol. Perdemos copas e não aprendemos nada. Lamentável.

quarta-feira, 20 de maio de 2015

Felipão solta nota sobre sua saída do Grêmio

O técnico Felipão fez um acordo para definir a sua saída do Grêmio e muitas perguntas ficaram acerca da sua saída do comando técnico. Mais que depressa a assessoria do técnico soltou uma nota explicando essas situações, do ponto de vista do treinador.

Sobre a sua saída: "...num segundo objetivo, para que nós tivéssemos um ano tranquilo e projetos para o ano de 2015, que era a conquista do título Gaúcho, eu não consegui. E fiquei em débito junto ao doutro Fábio... E eu achei que em débito deveria conversar com o presidente atual e colocar o meu cargo à disposição”. 

Sobre a situação do Grêmio, Felipão disse: "O Grêmio de hoje não é o mesmo ambiente do Grêmio de dez anos atrás, ou cinco anos atrás. O Grêmio com problemas de facções. Muita gente dividida em relação à muitas coisas. E aí fica um pouco mais difícil de dirigir. Foi isso o que aconteceu".

Sobre o seu desempenho, declarou: "As contratações foram feitas com a minha concordância. E eu era o técnico. Então, se os erros aconteceram, aconteceram porque eu entendia que esses jogadores contratados podiam render. Se não renderam, o errado fui eu".

Confira a nota de Felipão

A novidade é o reconhecimento da responsabilidade pelo mal desempenho e da má formação da equipe. É hora de Felipão sair de cena (pelo menos no Brasil) para seu próprio bem.

Marcelo Alves Bellotti

terça-feira, 19 de maio de 2015

FPF divulga copa Paulista

Saiu a relação dos participantes da Copa Paulista de 2015. A Federação Paulista divulgou os participantes, a tabela e o modo de disputa. Serão ao todo 20 clubes divididos em quatro grupos de cinco participantes de onde três serão os classificados da primeira fase.

Os  grupos serão os seguintes:

Grupo 01Linense
Penapolense
Catanduvense
Mirassol
Rio Preto

Grupo 02Capivariano
XV de Piracicaba
Independente
Rio Branco
União Barbarense

Grupo 03Primavera
São Bento
Grêmio Barueri
Ituano
Paulista

Grupo 04Juventus
Osasco Audax
Nacional
São Bernardo
São José EC

As novidades desse ano é a possibilidade de indicação a vaga da série D para 2016 ao campeão. O FPF anda não tem essa confirmação, mas trabalha com a possibilidade de aumento das indicações do Estado de São Paulo para a série D. Nesse caso, segundo o regulamento, o campeão poderá optar entre a indicação para a série D ou a participação na Copa do Brasil. O vice -campeão será indicado a vaga remanescente.

A Copa Paulista começa  no dia 19/07 e tem a previsão de término dia 29 de novembro.

Marcelo Alves Bellotti

terça-feira, 5 de maio de 2015

Saiu a convocação do Brasil...

Dunga acabou de chamar seus convocados para a Copa América. Algumas novidades e alguns nomes consolidados. Firmino está se consolidando como atleta de seleção. Com característica e formação europeia, a seleção ai tomando forma. Vemos hoje nomes como Fabinho, Filipe Luis, Danilo, Douglas Costa entre outros, com formação Européia.

Cada vez mais a CBF reafirma através de seus membros e alguns técnicos brasileiros que nada mudou no mundo, que o que vemos nas grandes seleções mundiais são meras cópias do que já era praticado no futebol, especialmente no Brasil. Só não da para entender qual o motivo deles técnicos não aplicarem esse futebol por aqui. Dunga, sempre que pode, reafirma que hoje no futebol não há nada de novo e que apenas se copiam o que era praticado nas décadas passadas.

Com relação aos adversários, novamente uma soberba preocupante, a de que "todos consideram o Brasil como o jogo da vida"... enfim! Assim vamos levando o nosso futebol, fazendo de conta que a Copa não existiu, de que não há erros, reafirmando que o nosso campeonato é o melhor do mundo, que o talento dos nossos jogadores resolvem... bla, bla, bla... perdemos ótimas chances de nos reciclar e discutir o futebol como modelo de negócio, onde todos saem lucrando

Segue a convocação da seleção:

Goleiros: Jefferson (Botafogo), Marcelo Grohe (Grêmio) e Diego Alves (Valencia)
Laterais: Fabinho (Monaco), Marcelo (Real Madrid), Filipe Luis (Chelsea) e Danilo (Porto)
Zagueiros: David Luiz (PSG), Marquinhos (PSG), Thiago Silva (PSG) e Miranda (Atlético de Madri)
Volantes: Luiz Gustavo (Wolfsburg), Fernandinho (Manchester City), Elias (Corinthians) e Casemiro (Porto)
Meias: Éverton Ribeiro (Al Ahli), Willian (Chelsea), Douglas Costa (Shakhtar Donetsk) e Philippe Coutinho (Liverpool)
Atacantes: Neymar (Barcelona), Roberto Firmino (Hoffenheim), Diego Tardelli (Shandong Luneng) e Robinho (Santos)

Marcelo Alves Bellotti

domingo, 3 de maio de 2015

Paulista da A2 define seus classificados

Terminou hoje o campeonato Paulista da série A2. Foram 19 rodadas envolvendo 20 times que no período de 90 dias disputaram uma maratona completamente sem sentido de 19 jogos, sendo que dos quatro times classificados, somente o Oeste de Itápolis tem um calendário definido para o restante do ano com o campeonato brasileiro da série B. Os demais seguem aguardando a Copa Paulista no segundo semestre.

Além de não ter a oportunidade de um calendário mais racional, que não exponha seu time a jogar a cada quatro dias, o Paulistão da A2 diferentemente do que é praticado na A1 ou na A3, não tem fases decisivas, apenas o turno em pontos corrido, fazendo com que alguns clubes joguem 10 partidas em casa e outros joguem 9.

Hoje tivemos as definições da Ferroviária de Araraquara como campeã paulista, o Novorizontino como vice-campeão com oito pontos a menos que a Ferrinha, O Oeste de Itápolis em terceiro colocado e o Água Santa de Diadema na quarta colocação.

Destaques para Ferroviária e que após 19 anos retorna a série A1. Estruturada como suma Sociedade Anônima desde 2003 e com uma Arena remodelada que se destaca no interior paulista, o time chega a elite após muito esforço da cidade. Novo Horizonte também festeja o acesso após 19 anos, mas com um novo time, pois o Novorizontino que caiu não é esse que agora disputa os campeonatos. Esse time de nome Grêmio Novorizontino foi fundado em 2001 e só disputou o primeiro campeonato profissional em 2010.

O Oeste retorna a elite, como sempre com muita polêmica. Em um jogo pra lá de emocionante, o time de Itápolis teve um pênalti duvidoso marcado nos acréscimos, levou o empate perto dos 55 minutos e logo após o empate, a ambulância foi embora alegando que precisava atender um munícipe, como se não houvesse ambulância na cidade. Além do fato, o goleiro do time da casa provocou o acréscimo de dez minutos.

Outro que subiu foi o Água Santa. O time de Diadema. Fundado por migrantes em 1981 e apenas no ano de 2011 se profissionalizou. Desde então em 2013 conseguiu o acesso da série B para a A3, em 2014 o acesso para a série A2 e em 2015.

Os rebaixados são Comercial, Matonense, Catanduvense e Guaratinguetá!

Marcelo Alves Bellotti

quinta-feira, 30 de abril de 2015

Ceará ganha título da Copa do Nordeste

A alegria coube a torcida do Vozão. Na última quarta-feira o time do Ceará, que confirma a sua força regional e chega pela segunda vez consecutiva na final da Copa do Nordeste, sagrou-se campeão da edição de 2015.

A final desse ano foi contra a equipe do Bahia, dirigido por Sergio Soares, que ano passado dirigia exatamente o Ceará. Os jogos finais além de empolgantes lotaram seus respectivos estádios. Na Fonte Nova, o Bahia levou mais de 40 mil torcedores no jogo de ida e na finalíssima, o Vozão levou mais de 63 mil pessoas no Castelão.

Mas nem tudo foi alegria em Fortaleza. Muita confusão e muita bagunça fazem com que cada vez mais acreditamos que o futebol não é feito por pessoas sérias. A cidade de Fortaleza consegue fazer eventos para mais de 60 mil pessoas sem problemas, mas quando falamos em uma partida de futebol, tudo acontece.

Tudo já começa na chegada ao campo. O Bahia, atrapalhado pela PM chegou ao Estádio atrasado e entrou em campo com doze minutos de atraso. O evento então previsto para as  22 horas começou bem atrasado. Fora de campo, confusões entre PM e torcedores deixaram alguns feridos e causaram muito tumulto e susto entre os torcedores. Entre as torcidas, tudo normal e corriqueiro.

Em campo uma final digna, com ótimas jogadas de ambos os lados. No final, um título merecido a uma equipe que vem trabalhando ha tempos para ser campeão do Nordeste, Parabéns Vozão, legítimo campeão da Copa do Nordeste 2015

Marcelo Alves Bellotti

domingo, 26 de abril de 2015

Domingo de decisões - Palpites

Hoje, o domingo é marcado pela fase final dos estaduais espalhados pelo Brasil, em todos os lugares teremos decisões. Vamos começar com os palpites?

Rio Grande Do Sul - Hoje teremos a primeira partida da decisão entre Grêmio e Internacional. O jogo é cercado de mistérios entre os dois técnicos que dão um tom de clima amistoso entre eles e favorecem a ideia de "torcedor misto". O jogo hoje será na Arena do Grêmio. Acredito que o time do Colorado é favorito, mesmo jogando na Arena. 

Santa Catarina- O Campeonato Catarinense chega a final com o mesmo confronto do ano passado, apenas com a vantagem mudando de lado. Hoje o Figueirense pega o Joinville, que desta vez leva a vantagem do empate ou de dois resultados inversamente iguais. O jogo será no Orlando Scarpelli e penso que a vantagem do Joinville e o equilíbrio do confronto tende a que o jogo caminhe para um empate.

Paraná - No Paranaense a final reúne as equipes do Coritiba contra o Operário de Ponta Grossa. O Operário do técnico Itamar Schulle chegou a final com uma campanha surpreendente e espera complicar a situação do favorito Coritiba. O jogo de hoje será no Estádio Germano Kruger, em Ponta Grossa.

São Paulo - Em São Paulo, Palmeiras e Santos se enfrentam. É a nona decisão do time santista em estaduais no período de dez anos. O Palmeiras, do técnico Oswaldo Oliveira, busca a afirmação em um campeonato desacreditado pela crônica. Santos é favorito, Palmeiras ainda tem elenco em formação!

Rio de Janeiro - O Carioca chega a sua final desacreditado, com denúncias de favorecimento para os clubes envolvidos em detrimento dos outros clubes. Vasco e Botafogo, alheios a isso chegam a final. Acredito que o Vasco seja o favorito para o confronto.

Minas Gerais - O Mineiro chega a sua final mostrando Atlético contra a surpreendente Caldense, que promete quebrar o favoritismo do Galo. A equipe de Poços de Caldas mostra revelações como o técnico Leonardo Condé. O time da Caldense está invicto e não leva gols a sete partidas, mas teve uma baixa considerável. Apesar de ter construído uma arquibancada móvel para adequar o estádio para a capacidade de dez mil pessoas, a Federação Mineira confirmou a cidade de Varginha para a partida final, para que o time grande não corra riscos.

Goiás - No Goiano, o time do Aparecidense tenta reverter a vantagem do Goias na final. Aliás, o time esmeraldino além de levar a vantagem dos empates, quis levar as duas partidas para o Serra Dourada para não haver riscos de perder o título. A diretoria do Aparecidense não aceitou e o jogo de hoje deverá ser jogado no estádio Aníbal Toledo. Goias é favorito

Mato Grosso do Sul - A final envolve as equipes do Comercial de Campo Grande contra o Ivinhema. As equipes começam a decisão neste domingo, às 15h, no Estádio Jacques da Luz. A volta está marcada para o dia 5 de maio no Estádio Saraivão. O Azulão (Ivinhema), com melhor campanha do que o Colorado(Comercial) joga por dois resultados iguais.  

Bahia - A final do Campeonato Baiano envolvem as equipes do Bahia e a equipe de Vitória da Conquista. Aliás, o time chama-se Esporte Clube Primeiro Passo Vitória da Conquista.  O time do ECPP ficou famoso esse ano pelo confronto contra o Palmeiras pela Copa do Brasil e já se destacava no Campeonato Regional. A vantagem nos confrontos é do Bahia, mas para o confronto desta tarde no Estádio Lomanto Júnior - Vitória da Conquista (BA), deve dar ECPP.

Ceará - O Campeonato Cearense chega a sua final com o confronto entre Ceará x Fortaleza. O time do Vozão tem a vantagem pela melhor campanha, mas acredito que pelo envolvimento do time cearense nas finais da Copa do Nordeste, a vantagem penda para o time do Fortaleza. O jogo promete lotar a Arena Castelão.

Maranhão - O Maranhense também chega a sua final, com as equipes do Sampaio Corrêa e o Imperatriz. A vantagem é do time de Imperatriz. O Sampaio, que joga no Castelão nesse domingo espera reverter a vantagem. Apesar da vantagem, acho que o confronto pende para a o time mais boliviano do Brasil.

Pará - No Pará, temos a final RE-PA, com Remo e Paysandu. Esse é um jogo praticamente sem favoritos, onde a vantagem dos empates pertencente ao time do Papão pode ser decisivo no confronto. O primeiro jogo acontece hoje no Mangueirão.

Os demais campeonatos que não foram citados ainda não chegaram a fase final. É o Brasil e suas decisões regionais.

Marcelo Alves Bellotti

sexta-feira, 24 de abril de 2015

Definidos os confrontos da Champions League

A UEFA definiu na manhã desta sexta-feira os confrontos da semi-final da Champions League. Teremos confrontos sensacionais.

De um lado, ficaram o Barcelona de Messi, Neymar e Suarez. Do outro lado teremos Bayern de Guardiola e de vários jogadores, talvez o melhor time do planeta na atualidade. Os confrontos se iniciam no dia 06 de maio sendo o primeiro jogo em Barcelona, no Camp Nou e o jogo de volta será na Alemanha, no dia 12 de maio.

O outro lado mostra o confronto de Real Madrid, do sexteto Kross, Modric, James, Bale, Benzema e Cristiano Ronaldo. Esse sexteto estava em campo na vitória histórica de 9 a 1 sobre o Granada no começo do mês.

O Real enfrenta a Juventus de Turim que conta com Tevez como destaque principal da sua equipe. Os jogos serão disputados nos dias 05 de maio em Turim e a volta no dia 13 de maio em Madrid.

Marcelo Alves Bellotti

quinta-feira, 23 de abril de 2015

Bahia perde e Ceará fica perto do título

 A torcida do Bahia fez a festa ontem na Fonte Nova, fez mosaico com mais de 40 mil panfletos, vinha de uma série de dezesseis partidas de invencibilidade. Mas tudo isso não veio a campo quando o jogo começou, pois o Ceará conseguiu o resultado da vitória pelo placar de 1 a 0 e sai em vantagem no confronto.

O gol marcou uma falha incrível do goleiro Jean, que aceitou um chute de Ricardinho. O Ceará joga sua segunda final seguida - ano passado foi derrotado pelo Sport - e chega com uma grande vantagem.

Até a tarde dessa quinta-feira já haviam sido vendidos 34 mil ingressos para o jogo do próximo dia 29 na Arena Castelão.

Bahia 0 x 1 Ceará - Jogo de ida da final da Copa do Nordeste

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador
Quarta-feira, 22, às 22h
Gols: Ricardinho (Ceará)
Árbitro: Pablo dos Santos Alves
Assistentes: Luis Filipe Gonçalves Correa e Márcio Freire Lopes (trio da Paraíba)
Cartões amarelos: Thales (Bahia), Zé Roberto (Bahia), Luís Carlos (Ceará), Charles (Ceará) e Marinho (Ceará)
Público: 40.805
Renda: 1.070.45,70

Bahia: Jean, Tony (Willians Santana), Robson, Thales e Patric; Wilson Pittoni, Souza (Rômulo) e Tiago Real; Maxi Biancucchi, Kieza e Léo Gamalho (Zé Roberto). Técnico: Sérgio Soares.

Ceará - Luis Carlos, Samuel Xavier, Gilvan, Charles e Fernandinho; Sandro Manoel, Uillian Correia e Marinho; Assisinho (Wescley) e Magno Alvez (William / Eloir). Técnico: Silas.

Marcelo Alves Bellotti

quarta-feira, 22 de abril de 2015

Santos define Vila Belmiro para enfrentar Palmeiras. Decisão errada?

As vezes a gente repete coisas e não se aprofunda em análises, apenas por observação e acabamos tendendo ao erro. Por essa razão acredito somente em fatos e dados. Análises superficiais, baseadas em observações em geral estão encobertas por valores pessoais e podem conter erros. A experiência me mostrou que é sempre mais indicado uma análise mais profunda para uma conclusão

Ouço que caso o Santos jogue na Vila estará "perdendo dinheiro". Em uma matemática própria, cronistas decretam que jogar na vila é falta de inteligência. Aceito isso de primeira como verdade, pois ao jogar em São Paulo, existe a possibilidade de arrecadar mais com vendas de ingressos em estádios maiores. 

Também temos que considerar que os envolvidos na análise tem suas crenças e costumes. Nas décadas passadas era comum que os clássicos fossem disputados em São Paulo, todos no velho e bom Morumbi. Mas os tempos mudaram, nessa época o Morumbi não tinha o monumento a seu proprietário, não estava loteado de camarotes, que dificultam o aluguel e outras questões comerciais. Hoje cada time joga em seu estádio, o que por si só justificaria o desejo Santista, não fosse o Pacaembu.

Pois bem, verifiquei os jogos do Santos esse ano e a conclusão é diferente do senso comum: Por exemplo... o Santos jogou no Pacaembu contra o Linense e teve esse resultado:

01/03/2015 - Santos 4x2 Linense
========================
Público Total: 12.897
Arrecadação Bruta: R$324.680,00
Despesas: R$343.793,05
Resultado: -R$19.113,05

Comparando com um jogo clássico na vila (no total foram dois, contra São Paulo e Palmeiras), tivemos o seguinte resultado:

11/03/2015 Santos 2x1 Palmeiras
========================
Público Total: 11.816
Arrecadação Bruta: R$360.960,00
Despesas: R$183.411,01
Resultado: R$177.548,99

O resultado fala por si, é uma reflexão bastante significativa do que significa fazer futebol nesse país. É simples analisar do alto de um escritório, com ar condicionado, condutas alheias definindo o que certo ou errado. Difícil é realmente defender que jogar na vila dá mais dinheiro que jogar no Pacaembu... tem que pesquisar, mostrar números! Isso não conclui a análise, mas somente mostra um ponto de vista diferente de um mesmo pensamento. 

Vale a pena jogar na Vila? Claro... e não só tecnicamente!

Marcelo Alves Bellotti

segunda-feira, 20 de abril de 2015

Paulista A1 chega a final

O campeonato paulista da série A1 chega a sua final, após 17 jogos, Santos e Palmeiras chegam a fase final para decisão do título do estadual. O Santos chega a final fortalecido pela campanha e pela bela vitória diante do São paulo. Desde a saída do técnico Claudemir, os jogadores assumiram o time e legitimaram a dupla Marcelo Fernandes e Serginho Chulapa. 

No Palmeiras, uma classificação épica, com todos os detalhes de uma grande decisão. O Corinthians entrou fragilizado pelo jogo no meio da semana e teve dois jogadores poupados (Elias e Renato Augusto) e com o desfalque do Sheik. Mesmo assim o jogo foi empolgante e o Palmeiras chegou merecidamente a final.

Para esse jogo final, o Santos quer fazer prevalecer o jogo na Vila Belmiro e informações dão conta que a FPF vai tirar a final da casa santista e exercer o seu mando. Porém o Santos vai se manter firme e pretende levar a partida para a cidade de Santos. As notícias que vêm da baixada dão conta de que caso as duas partidas venham para São Paulo, o Santos quer duas partidas em campo neutro.

No Palmeiras um clima de festa após a classificação esconde uma insatisfação da diretoria e de parte da torcida com o atual técnico. Ontem após a substituição do meia Valdívia, a revolta do jogador se recusando a dar a mão para o técnico só agrava uma insatisfação que começou com a recusa do técnico a colocar o atacante Gabriel Jesus. A situação poderá piorar caso o time do Verdão não ganhe o título do estadual, não sendo descartada inclusive a sua demissão em caso de derrota para o santos.

Marcelo Alves Bellotti

segunda-feira, 13 de abril de 2015

FPF define confrontos na semifinal

Ontem, após a definição técnica dos confrontos da semifinal do Paulistão 2015 entre Corinthians x Palmeiras e Santos x São Paulo, faltavam as definições de datas e locais dos confrontos. A FPF definiu agora a pouco que Corinthians x Palmeiras jogarão na Arena Corinthians no domingo as 16 horas e Santos x São paulo na mesma data, porém as 18h30.

Marcelo Alves Bellotti

domingo, 12 de abril de 2015

Copa do Nordeste chega a sua final

Mais uma final da Copa do Nordeste. E na edição de 2015 teremos Bahia enfrentando o Ceará. O time baiano saiu em vantagem no primeiro jogo contra o sport após empatar em zero a zero. Hoje, jogando na Arena Fonte Nova o time de Sergio Soares venceu o Sport pelo placar de 3 a 2 e chegou a final da competição.

Do outro lado, o Ceará, comandado por silas Pereira chega a sua segunda final consecutiva. finalista em 2014, quando era dirigido por Sérgio Soares, hoje no Bahia, o Vozão foi derrotado pelo Sport naquela oportunidade.

Esse ano, o Vozão chega a finalíssima após empatar com o Vitória no Barradão, mesmo estando duas vezes atrás no placar. A decisão da Copa do Nordeste começa apenas daqui há dez dias, em 22 de abril. O primeiro jogo deve acontecer na Fonte Nova, e o segundo no dia 29, no Castelão.

Marcelo Alves Bellotti

segunda-feira, 6 de abril de 2015

Campeonato Carioca, tem que acabar?

A mensagem é emblemática..."Acaba, Campeonato Carioca, tem que acabar.". foi isso que o centroavante Fred disse a quem pudesse ouvir na sua saída após expulsão mal explicada no Fla-Flu ontem a noite no Maracanã.

A frase, ainda que esteja dentro de um contexto louvável contra a união de dois times grandes mais a federação carioca contra dois times grandes, simplesmente demonstra o desejo dos jogadores de elite desse país, o fim dos estaduais. 

Os estaduais vão minguando... tem suporte financeiro em São paulo e Rio, que ajudam quatro times a manterem salários absurdos como os do próprio Fred, e em nome disso, vão criando fórmulas esdrúxulas para impedir que esses quatro times coloquem times mistos ou reservas, prejudicando todos os outros.

Apertam um calendário para times que não disputam o certame nacional, fazendo com que estes disputem jogos a cada três dias sem orçamento para tal. No segundo semestre, lançam torneios para movimentar seus clubes e sem contar (ou sem procurar) apoio de emissoras de TV, esses torneios seguem deficitários e sem apelo.

Ninguém parece estar disposto a uma discussão, que viabilize o futebol como uma categoria profissional, que só em São Paulo movimenta 90 clubes em 4 divisões na FPF. Se a média salarial desses clubes forem de 3 salários mínimos, ou seja R$2.364,00 em clubes com cerca de 25 jogadores, teremos uma folha de pagamento de aproximadamente R$60 mil. Se projetarmos essa média para os 90 clubes teremos um negócio de R$5.319.000,00 mensais, além de 2.250 atletas profissionais com carteira assinada.

Mas hoje a grande discussão parece formar atletas para o mercado exterior, cada vez mais as seleções estão nacionalizando brasileiros em todas as partes do mundo. Assim assistimos passivamente times de cidades importantes simplesmente fechando ou jogando para cerca de 100 pessoas. 

É Fred... talvez você tenha razão... a elite do futebol só consegue pagar jogadores como você se os estaduais acabarem! Ao invés de discutir algo mais racional, mesmo que signifique o fim da participação dos grandes... acabemos com tudo... 

Pobre futebol...

Marcelo Alves Bellotti

sexta-feira, 3 de abril de 2015

Copa Verde entra na sua fase final

A Copa Verde chega a sua semifinal com um clássico que promete parar Belém de um lado e do outro o confronto entre Luverdense e Cuiabá. Os confrontos definidos para esse fim de semana prometem muita emoção e bons públicos.

De um lado teremos no Passo das Emas a partida envolvendo o Luverdense, de Lucas do Rio Verde em Mato Grosso, jogando contra o Cuiabá, da capital. Ambos os times são extremamente novos. O Cuiabá foi fundado em 2001 pelo ex-jogador Gaúcho, de XV de Piracicaba, Santo André, Palmeiras e Flamengo. O Luverdense é de 2004 e foi criado graças a Prefeitura da cidade. A partida será disputada no sábado as 17 horas e é aguardada com boa expectativa de público.

Na outra partida, que será realizada no Domingo as 18h30, o Paysandu enfrenta o Remo em um clássico que promete parar Belém. O técnico do Paysandu, Dado Cavalcanti não espera o mesmo desempenho do time como aconteceu na última semana, quando seu time derrotou o Remo: "O próximo jogo é diferente do que foi o anterior. Esperamos dificuldades diferentes, adaptações diferentes, e vamos ter a tranquilidade de preparar a equipe para o clássico". Declarou ao site globoesporte.com.

Enfim, dois ótimos jogos, dois confrontos regionais  para movimentar a Copa Verde. Confira!

Marcelo Alves Bellotti





sexta-feira, 20 de março de 2015

Champions League define seus conforntos

A UEFA realizou ontem o sorteio dos confrontos das dois torneios europeus de clubes. Desta vez não foram colocados travas, o que permitiria um confronto entre qualquer equipe. E os confrontos não dirigidos resultaram em confrontos épicos e outros, nem tanto. Na Europa League temos:


Destaque para o confronto entre o Wolfsburg e o Sevilla, que vem jogando um futebol diferenciado, junto com o Napoli, que me parece favorito nesse confronto. Os demais prometem emoção e competitividade.

Já na Champions os confrontos marcam jogos de altíssimo nível técnico:


Façam suas apostas

Marcelo Alves Bellotti 

domingo, 22 de fevereiro de 2015

XV demite seu técnico

O XV de Piracicaba anunciou na manhã deste domingo a demissão do seu técnico. Roque Junior e a diretoria chegaram a um acordo. Em uma nota curta no perfil do Facebook, a diretoria anunciou:

Nota Oficial
O XV de Piracicaba informa que Roque Junior não é mais o treinador do clube alvinegro. Após a derrota para o Linense, o presidente Rodrigo Boaventura conversou com o técnico e, em comum acordo, Roque Junior deixou o comando da equipe.
Em breve, será anunciado o novo treinador para a sequência do Campeonato Paulista 2015.

A campanha de Roque Junior foi realmente pífia. Em seis jogos, o Nhô Quim chegou a apenas uma vitória no campeonato, acumulou cinco derrotas e está atualmente na zona do rebaixamento. O presidente do XV, Rodrigo Boaventura até tentou, garantiu a continuidade do trabalho, mas a gota d'água veio na derrota contra o Linense na noite de ontem. 

Após o jogo, o jornalista da Radio Jovem Pan News de Piracicaba, decidiu boicotar a entrevista coletiva do técnico do XV. O repórter conseguiu apoio das coirmãs Difusora de Piracicaba e Educadora de Piracicaba.

A alegação é: "Chegamos a um consenso que as respostas seriam as mesmas e que ele, de entrevistado, seria mais uma vez o entrevistador, questionando a nós com perguntas. Por isso, a gente achou que seria desnecessário participar da coletiva"

Uma situação delicada onde todos erram. O torcedor do XV, por mais que não goste do trabalho do técnico da sua equipe, e por mais que o trabalho do treinador, seus métodos ou sua educação sejam questionáveis, é dever da imprensa questionar o seu trabalho. Se no caso do repórter ele achou por bem não ouvi-lo isso deveria ser uma decisão de sua própria rádio, e não na forma de boicote!

Essa postura completamente equivocada e anti-profissional da imprensa Piracicabana torna-se  uma ameaça, pois imaginem se eles resolverem boicotar o atacante Paulinho, dizendo que ele sempre dá as mesmas declarações? Ou então boicotar o presidente do time, por questionar o entrevistador? 

Roque agradeceu a diretoria pela oportunidade: “Sei que o trabalho que estava realizando era bom, apesar dos resultados. Entendo a cultura de resultados imediatos no futebol brasileiro, embora não concorde. Agradeço ao presidente Rodrigo (Boaventura), que confiou no meu trabalho e me deu a oportunidade para iniciar a carreira de técnico”

O fato é que o time de Piracicaba está a procura de um novo técnico. A uma expectativa dos torcedores pelo retorno de Moises Egert, vamos aguardar...

Marcelo Alves Bellotti

Copa Verde! Ideia de Bom Senso

Na região Norte e na região Centro Oeste (exceto Goiás) do País está sendo disputada a Copa Verde. Participam desse torneio 16 equipes representando seus estados, sendo a quantidade de representantes definido pelo Ranking da CBF. Essa distribuição prevê para essa edição três vagas para o estado do Pará, duas para os estados do Amazonas, do Mato Grosso e o Distrito Federal e uma para os demais estados participantes. O campeonato dá uma vaga para a Copa Sulamericana e conta com a transmissão da TV Esporte Imperativo.
O torneio é disputado por equipes de acordo com a sua participação no Campeonato Estadual. Então temos. 

Acre - Rio Branco - Campeão Estadual
Amapá - Santos - Campeão Estadual 
Amazonas - Nacional - Campeão Estadual e Princesa do Solimões - Vice Campeão Estadual
Distrito Federal - Luziânia - Campeão Metropolitano e Brasilia - Vice Campeão Metropolitano
Espírito Santo - Estrela do Norte - Campeão Estadual
Mato Grosso - Cuiabá Campeão Estadual e Luverdense - Vice Campeão Estadual
Mato Grosso do Sul - Cene - Campeão Estadual
Pará - Remo - Campeão Estadual, Paysandu - Vice Campeão Estadual e Independente - 3º colocado
Rondônia - Vilhena - Campeão Estadual
Roraima - São Raimundo - Campeão Estadual
Tocantins - Tocantinópolis - Campeão Estadual

Foto: Fernando Torres
Os 16 times se dividem em oito confrontos, de onde sairão os oito times que disputarão as quartas de final. Ontem tivemos os jogos de volta da primeira fase. O Paysandu se classificou para a próxima fase, eliminando o Santos-AP com uma vitória ontem pelo placar de dois a zero no Estádio do Curuzu, em Belém. O jogo foi acompanhado por mais de seis mil pessoas.

No outro jogo do dia, o Princesa do Solimões chegou a classificação em um jogo disputado no estádio Ismael Benigno, na Colina. O jogo foi acompanhado por 786 pessoas que vibraram com a vitória do Princesa do Solimões. Raphael Maddy, diretor de futebol do Princesa do Solimões declarou aos amigos da Radio Já Panamazônica: "Apesar da vitoria não gostei da apresentação do clube. Jogamos melhor fora de casa, a equipe não rendeu o esperado. Vamos ter que trabalhar mais. O importante é a vitoria. Temos que trabalhar para ajustar e entrosar melhor" 

Hoje teremos o complemento da rodada e a definição das oitavas de final. Paysandu pega na próxima fase o vencedor entre Nacional e Vilhena, enquanto o Princesa do Solimões aguarda o vencedor de Remo e Rio Branco. Remo e Nacional levam vantagem por terem vencido o primeiro confronto.

O futebol dá mostras de que não é preciso inventar a roda e que podemos acomodar Estaduais com Regionais, com formato de torneios sem prejudicar o Campeonato Brasileiro. Basta um pouco de vontade. O Nordeste também já faz um campeonato regional, além dos Estaduais. O modelo poderá "salvar" o calendário, se os times pensarem no futebol enquanto negócio e conduzirem o assunto pensando no futebol e não somente em acordos com TVs e benefício de alguns.

Marcelo Alves Bellotti

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

XV vence a primeira no Paulistão

O XV de Piracicaba jogou ontem em campinas no estádio Moises Lucarelli pelo fechamento da quinta rodada do Campeonato Paulista da série A1 contra o Red Bull Brasil e venceu s sua primeira partida neste Paulistão em 2015 pelo placar de 3 a 2.

O jogo foi cheio de oportunidades para ambos os lados, o XV estava nervoso e apesar de ter saído na frente o Nhô Quim permitiu o empate ainda no primeiro tempo. No segundo tempo, Chico colocou o time do técnico Roque Junior em vantagem, mas Lulinha empatou novaente.

O jogo se encaminhava para o final,o Red Bull tinha mais a posse de bola e o XV ia segurando o empate, mas aos 47 minutos do segundo tempo, em uma falta lateral, Tony cruzou para a área e o zagueiro Rodrigo marcou o gol da primeira vitória do XV no Paulistão. No final do jogo, o técnico do Red Bull Mauricio Barbieri foi conversar com um jogador do XV. A atitude foi reprovada pelo técnico Roque Junior e houve um princípio de confusão, mas o que valeu mesmo foi o resultado. Após o jogo, o técnico falou sobre o resultado e destacou a confiança no seu elenco: “Temos um grupo de qualidade e estávamos fazendo bons jogos. A diferença é que hoje veio a vitória. Novamente tivemos mais posse de bola e finalizamos mais a gol.  Agora é olhar para frente, manter o bom trabalho e buscar sempre as vitórias” , declarou ao site oficial do XV.

Foto: Facebook XV
Para assistir os melhores momentos do jogo, clique aqui

O próximo jogo do Nhô Quim será em Lins, no sábado dia 21, no Estádio Gilberto Siqueira Lopes contra a equipe da Linense. O resultado dá um fôlego extra ao técnico Roque Junior e afasta o time de Piracicaba temporariamente da ameaça do rebaixamento.

Ficha Técnica

Campeonato Paulista 2015 – 1ª Fase
5ª rodada

Red Bull 2 x 3 XV de Piracicaba

Data – 18/02/2015
Horário – 19h30
Local – Estádio Moisés Lucarelli, Campinas
Árbitro – Marcelo Rogério
Auxiliares – Emerson Augusto de Carvalho e Carlos Augusto Nogueira Júnior
Quarto árbitro – Márcio Henrique de Gois
Gols – Paulinho aos 13’/1T (XV), Edmilson aos 32’/1T (RBB), Chico aos 14’/2T (XV), Lulinha aos 20’/2T (RBB) e Rodrigo aos 47’/2T (XV)
Cartões Amarelos – Clayton, Paulinho (XV)
Público – 950 torcedores
Renda – R$8.355,00

Red Bull – Juninho, Jonas, Willian Magrão, Fabiano Eller, Andrade, Romário, Wilson Júnior (Gustavo Scarpa), Jocinei (Isac), Edmilson, Lulinha (Allan Dias) e Raul. Técnico Maurício Barbieri

XV de Piracicaba – Ramon Azevedo, Eder Sciola, Leonardo Luis, Rodrigo, Fernandes, Clayton, Chico (Diego Silva), Tony, Paulinho, Bruninho (Henrique) e Roni (Daniel Bueno). Técnico Roque Júnior

Marcelo Alves Bellotti

- See more at: http://www.xvpiracicaba.com.br/futebol/xv-vence-red-bull-em-campinas-e-assume-a-vice-lideranca-do-grupo-4/#sthash.xeaC0rT3.dpuf