Playlist

segunda-feira, 25 de maio de 2015

Calendário Brasileiro e times em São Paulo

Temos que melhorar o nosso calendário, pois ele afeta desde o time de maior torcida até o time de cidades pequenas, que não consegue movimentar multidões aos estádios. Estamos no quinto mês do ano e é interessante mapearmos dos clubes de São Paulo qual a situação de cada um deles.

Hoje o Estado de São Paulo temos 60 clubes devidamente inscritos na primeira divisão (séries A1, A2 e A3), mais 30 times inscritos na série B. Estamos atualmente na quinta rodada da Segundona, o que garante a atividade desses 30 times, que são divididos em grupos regionalizados, garantindo que as suas viagens sejam curtas e barateando os custos das equipes. Temos então todos os 30 times ativos

Dos times da primeira divisão, temos a seguinte situação:

- Quinze Clubes disputando competições Nacionais, sendo:
  • Cinco clubes na série A, (Corinthians, Palmeiras, Ponte Preta, Santos e São Paulo)
  • Três clubes na série B (Bragantino, Oeste e Mogi Mirim)
  • Três clubes na série C (Guarani, Guaratinguetá e Portuguesa)
  • Três clubes na série D (São Caetano, Red Bull e Botafogo)
  • Um clube na Copa do Brasil (Ituano)
- Dois clubes disputando a final da série A3 (Taubaté e Votuporanguese)

- Dezoito clubes se preparando para a disputa da Copa Paulista (Audax, Barbarense, Catanduvense, Grêmio Barueri, Independente, Juventus, Linense, Mirassol, Nacional, Paulista, Penapolense, Primavera, Rio Branco, Rio Preto, São Bento, São Bernardo, São José e XV de piracicaba

- Vinte e Cinco clubes inativos, que ao final dos estaduais optaram por não disputar nenhuma competição. (Água Santa, Atibaiia, Barretos, Batatais, Capivariano (decidiu não disputar, apesar de estar incluso na tabela da Copa Paulista), Comercial, Cotia, Ferroviária, Flamengo de Guarulhos, Francana, Inter de Limeira, Itapirense, Marilia, Matonense, Monte Azul, Novorizontino, Osasco, Rio Claro, Santacruzense, Santo André, São José dos Campos, Sertãozinho, Atlético Sorocaba, Tupã e Velo Clube.

No total, 28% dos times da capital estão sem atividade, sendo que os que disputaram a série A1 jogaram 15 jogos (exceto o Capivariano que disputou a Copa do Brasil - 19 jogos). Os que disputaram a série A2 disputaram 19  jogos (exceto o Santo André, que disputou 21 jogos) e os que disputam a primeira fase da A3 disputaram 19 jogos e os times que disputaram a segunda fase da A3 jogaram 25 jogos.

Em contrapartida, temos o Corinthians que jogou até agora 30 jogos e o São Paulo com 28 jogos. São no total 1 jogo a cada 4 dias. Santos tem 27 jogos na temporada e o Palmeiras tem 25. Ponte Preta tem 23 jogos.

Esse é o nosso calendário. O Futebol, acima de ser negócio, precisar de recursos para ser viabilizado, tem essa realidade que precisa ser encarada. Vinte e cinco clubes inativos que se mataram e estouraram seu orçamento em nome de uma paixão, jogando como loucos a cada quatro dias e em quatro meses já não tem mais objetivos. 

Por outro lado, temos quatro times que precisam jogar a cada 4 dias para poder pagar salários e estourar orçamentos e fazer loucuras em nome de jogadores medíocres e técnicos que mais parecem ter o rei na barriga e que não chegam a responder em 10% do que ganham.

É preciso passar a limpo o futebol. Perdemos copas e não aprendemos nada. Lamentável.

Nenhum comentário:

Postar um comentário