Playlist

segunda-feira, 24 de agosto de 2015

Análise dos times somente pelas fichas técnicas

Ouvi muito sobre técnicos nesse fim de semana... Professor pardal, fim de ciclo, gênio, melhor do Brasil, acertador de time... Eis que vi o que mudou desde 01/02/2015, data da largada do Paulistão 2015 até agora... fiz somente uma análise baseada em fichas técnicas. Os resultados são:

5 times - 4 trocas de técnicos: Escalações dos times de São Paulo:

1 - Ponte Preta - time da estréia do Paulistão: Reynaldo; Rodinei, Raphael Silva, Renato Chaves e Rodrigo Biro, Bruno Silva, Josimar (Paulinho), Renato Cajá e Thomás (Biro-Biro), Rildo e Fábio Santos (Wanderson). Técnico: Guto Ferreira.

Ponte Preta no último jogo contra o Sport: Marcelo Lomba, Rodinei, Renato Chaves, Pablo e Gilson; Fernando Bob, Elton e Bady (Felipe); Cesinha (Leandrinho), Felipe Azevedo (Keno) e Borges-
Técnico: Doriva

No total, além do técnico foram 8 mudanças além do técnico.

2 - Corinthians na estréia do Paulistão: Cássio; Fágner, Felipe, Gil e Fábio Santos; Ralf; Elias (Bruno Henrique, 36’/2T), Renato Augusto (Danilo, 24’/2T), Jadson e Emerson Sheik (Luciano, 30’/2T); Guerrero. Técnico: Tite

Corinthians contra o Santos: Cássio; Fagner, Felipe, Gil e Uendel; Bruno Henrique, Elias, Renato Augusto e Jadson (Danilo); Malcom (Mendoza) e Luciano (Vagner Love) Técnico: Tite

Total de 4 mudanças (3 se considerarmos que o Bruno Henrique jogou o primeiro jogo)

3 - Santos na estréia do Paulistão: Vladimir, Victor Ferraz, Gustavo Henrique, David Braz e Chiquinho; Alison, Renato e Lucas Lima; Geuvânio (Ricardo Oliveira), Robinho (Lucas Crispim) e Thiago Ribeiro (Elano)  Técnico: Enderson Moreira

Santos do último jogo: Vanderlei; Victor Ferraz, Gustavo Henrique, David Braz e Zeca; Thiago Maia, Renato e Lucas Lima (Paulo Ricardo); Geuvânio (marquinhos Gabriel), Gabriel (Neto Berola) e Ricardo Oliveira Técnico: Dorival Júnior

Total novamente de 4 mudanças

4 - Palmeiras na estréia do Paulistão: Fernando Prass; Lucas, Tobio (Jackson), Vitor Hugo e Zé Roberto; Renato e Gabriel; Allione (Cristaldo), Robinho e Maikon Leite (Victor Luis); Leandro Pereira Técnico: Oswaldo de Oliveira

Palmeiras do último jogo: Fernando Prass; Lucas, Jackson, Vitor Hugo e Egídio; Andrei, Arouca (Rafael Marques), Zé Roberto e Cleiton Xavier (Amaral); Dudu e Barrios (Cristaldo)
Técnico: Marcelo Oliveira

São Paulo da estréia no Paulistão: Rogério Ceni; Bruno, Rafael Toloi, Edson Silva e Carlinhos (Reinaldo); Denilson, Maicon, Michel Bastos e Thiago Mendes; Alan Kardec (Cafu) e Luis Fabiano (Alexandre Pato)  Técnico: Muricy Ramalho

São Paulo na última partida: Renan Ribeiro; Bruno, Lucão, Luiz Eduardo e Reinaldo (Wesley - 8'/2ºT); Thiago Mendes, Michel Bastos, Ganso e Carlinhos; Pato e Luis Fabiano (Wilder - intervalo). Técnico: Juan Carlos Osorio.

No Palmeiras são cinco mudanças. No São Paulo então... Pare e pense... você mesmo assim acredita que a culpa da inconsistência da produção do seu time é culpa do técnico?

Marcelo Alves Bellotti

Nenhum comentário:

Postar um comentário