Playlist

sexta-feira, 25 de maio de 2012

Futebol como exemplo para a Sociedade

O Futebol hoje no Brasil é mais do que um simples jogo de entretenimento, é a manifestação da nossa cultura, da nossa educação e daquilo que somos, enquanto brasileiros. Somos mundialmente conhecidos como o país do futebol. Então, como a mais tradicional manifestação da cultura brasileira, o futebol deve dar exemplos a sociedade, de que existem vencedores e vencidos, de que deve prevalecer o fair play, etc.

Nesse sentido, gostaria de citar o exemplo da disputa judicial envolvendo o início da série C. A Terceira Divisão do campeonato Brasileiro nunca despertou qualquer atenção ou envolvimento da mídia de São Paulo ou do Rio de Janeiro, mas nesse ano conta até com a transmissão da Globo em seus jogos, talvez fruto da presença do gigante Santa Cruz.

A disputa judicial, que agora se arrasta para a esfera da Justiça Comum se deu pela falta de entendimento da escalação do atleta Claudio Roberto Siqueira Fernandes Filho no jogo entre o Brasil de Pelotas e o Esporte Clube Santo André.

Essa disputa judicial se transformou e transcendeu a esfera esportiva. Hoje é citada nos fóruns Riograndenses como uma batalha entre o Rio Grande contra São Paulo e Rio. Em fóruns menos esclarecidos, transformou-se em uma batalha contra a corrupção no PT (citando-se o caso Celso Daniel). Todos em busca de uma explicação do que leva a CBF a "favorecer" o Santo André?

Acredito sinceramente que temos que dar valor aquilo que é legalmente e moralmente aceito. Tentar se alongar em uma situação mostra o quanto a sociedade brasileira deve ser "passada a limpo" em seus conceitos. A situação ocorrida é simples e deveria ser encarada dessa maneira. Apresento abaixo fatos e dados. Tirem as suas conclusões.

20/11/2010 - Na partida decisiva da série C entre Ituiutaba-MG (Atual Boa Esporte) e ABC de Natal, o atleta Claudio do Ituiutaba foi expulso

21/11/2010 - O contrato de Claudio com o Ituiutaba se encerrou.
Segundo o artigo 60 do RGC - Regulamento Geral das Competições: "O atleta que for expulso de campo ou do banco de reservas ficará automaticamente impedido de participar da partida subseqüente, independentemente de decisão da Justiça Desportiva no julgamento da infração disciplinar"

14/12/2010 - O atleta foi julgado pelo STJD e pegou uma partida de suspensão.

17/07/2011 - O jogador entra em campo na partida Santo André 2 x 3 Brasil (RS)

29/07/2011 - Após denúncia pelo artigo 214 pelo Esporte Clube Santo André  e foi absolvido. "Art. 214. Incluir na equipe, ou fazer constar da súmula ou documento equivalente, atleta em situação irregular para participar de partida, prova ou equivalente. (Redação dada pela Resolução CNE nº 29 de 2009).

15/09/2011 - Em um julgamento com base no Art. 71 do RCG que diz sobre as penalidades : "deverá ser cumprida em competição subseqüente da mesma natureza.", o STJD decidiu pela culpa do Brasil de Pelotas e retirou-lhe 6 pontos conforme o diz o art. 214.

18/09/2011 - Santo André e Brasil encerram suas participações na série C após empate em 1 a 1.

O atleta em questão tinha pleno conhecimento de que havia sido expulso. Não havia mais federações a serem notificadas, pois o atleta estava sem contrato. No dia 17/07/2011 então, sua situação era de "suspensão automática", situação esta já consagrada no ambiente futebolístico. Todos sabemos que um atleta expulso em um jogo está automaticamente suspenso na partida posterior. Não há dúvidas também que se um atleta for expulso no Campeonato Brasileiro, pode jogar normalmente na Libertadores da América. Da mesma maneira, se um jogador for expulso no Campeonato Paulista, pode participar normalmente da Copa do Brasil.

Dar legalidade a situação de um atleta escalado que em partida anterior foi expulso é passar um recado de impunidade aos torcedores do futebol do Brasil, seja ele de Pelotas ou de nós, demais brasileiros. Tentar ligar o fato a brigas políticas entre Estados da federação ou partidos políticos é pura falácia!

Marcelo Alves Bellotti

quarta-feira, 23 de maio de 2012

Túlio Maravilha em busca do Milésimo

E o atacante Túlio Maravilha segue firme em busca de seu milésimo gol. O folclórico jogador se apresentou no começo do campeonato Paulista da Segunda divisão ao time do Tanabi, cidade da região de São José do Rio Preto, distante 477 Km da capital São Paulo.

Apresentando o Clube: O time do Tanabi, também conhecido por Tecão (Tanabi Esporte Clube) ou Índio da Noroeste é um clube de tradição. Fundado em 28 de dezembro de 1942, o time disputa o Campeonato Paulista desde 1956. O time manda os seus jogos no estádio Municipal Prefeito Alberto Víctolo, o Albertão.
Seus títulos: 
Campeão Paulista - Série A3 - 1956
Vice Campeão Paulista - Segunda Divisão - 2003
Categorias de Base:
Campeonato Paulista Sub 20 Segunda Divisão Campeão em 2000 e Vice Campeão em 2009

Túlio chegou com a missão específica de marcar oito gols e chegar a 993 nas suas contas. O objetivo foi cumprido após o amistoso contra uma seleção amadora de Santa Rita D'Oeste, onde o centroavante marcou três gols na vitória do Tanabi pelo placar de 5 a 0.

Apos o jogo Túlio se despediu do Tecão, afirmando que irá fazer o milésimo gol pelo time do coração: "Infelizmente vou ter que deixar o Tanabí, onde fui muito bem acolhido pela cidade, a torcida e principalmente pela diretoria. O projeto era de fazer oito gols com a camisa do Tanabí. Fiz sete e um pelo Laranjal. Nesta quarta-feira, pela manhã viajo de retorno para o Rio de Janeiro, onde estou residindo. Devo apresentar ao Botafogo daqui a quinze dias para fazer o planejamento de chegar aos mil gols. Faltam sete"

A torcida do Botafogo que o aguarde, com muita vontade e dedicação. Para o jogo da sua despedida o TEC formou com: Otávio; Jonatas, Lucas, Cauê e Diogo; Anderson, Bruno Henrique, Andrei e Muller; Marcão e Túlio(Luan).


video

Marcelo Alves Bellotti


Quarta-feira da festa do Futebol!

Hoje é quarta-feira, dia de futebol. O futebol moderno é tão estranho que hoje em dia que uma grande rede de supermercados faz uma grande promoção de quarta-feira para que o seu cliente assista o seu jogo (em casa, óbvio).

Como os jogos começam a partir das 22h00, a expectativa é que a noite seja longa, com rojões e festas independentemente dos resultados, pois a festa do futebol só é completa com comemorações e gozações a quem perdeu.

No começo da noite, o Fluminense pega o Boca no Engenhão precisando de uma vitória por dois gols de diferença, já que no primeiro jogo, o Boca ganhou pelo placar de 1 a 0. Para piorar, o tricolor não contará com Deco e Fred lesionados e Carlinhos, suspenso pela expulsão no primeiro jogo.

No Pacaembu, Corinthians e Vasco jogam a sua permanência no torneio Sulamericano. O Vasco leva a vantagem de empate com gols. Caso haja um novo 0 a 0, a decisão irá para os pênaltis. O Corinthians joga novamente sem um centroavante fixo e confia no retrospecto de ter apenas dois gols sofridos na competição.

Pela Copa do Brasil, o São Paulo tem um jogo mais tranquilo em Goias, já que venceu o time goiano no primeiro jogo pelo placar de dois a zero. Apesar do clima tenso entre a diretoria e o técnico Leão após o afastamento arbitrário do zagueiro Paulo Miranda, a situação do time do Morumbi parece ser bem confortável.

O Palmeiras recebe o Atlético-PR podendo empatar em até dois gols para levar a partida para os pênaltis. Porém isso não é garantia, pois se lembrarmos 2004, Palmeiras e Santo André se enfrentaram em um jogo das quartas de final da Copa do Brasil no Parque Antártica e o Palmeiras levava a vantagem de um empate em três gols no primeiro confronto. Ao final de 90 minutos um empate em 4 a 4 e a eliminação do time verde. Quando se trata de Palmeiras, temos que ter um pé atrás! O jogo será as 19h30 em Barueri, a nova casa alviverde.

Fechando a rodada um jogo que promete emoção entre Coritiba e Vitória se enfrentam no Couto Pereira. O primeiro jogo marcou um empate sem gols entre as equipes. O coxa não contará com Rafinha (Ex Santo André) e Tcheco, contundidos.

É a festa do Futebol Brasileiro!!!

Marcelo Alves Bellotti

segunda-feira, 21 de maio de 2012

Rio Branco campeão!!!

Americana está em festa! Nessa manhã de domingo a equipe do Rio Branco sagrou-se campeã Paulista da série A3 (Terceiro Nível) de futebol, ao bater a equipe do Grêmio Osasco pelo placar de dois a zero.

By: Mauricio Noznica
Foi um título merecido para a equipe do Tigre de Americana, que sem dúvida foi a melhor equipe da temporada 2012. A torcida soube dar a resposta e lotou o estádio Décio Vita e fez a festa com o título.

Equipe tradicional da cidade de Americana, o Rio Branco foi fundado em 04 de agosto de 1913, por João Truzzi, que decidiu chamá-lo de Sport Club Arromba.

Em 1917, houve uma proposta para mudança do nome de Arromba para Villa Americana Foot Ball Club, ou seja, a designação da cidade na época. Mas, em Assembléia Geral de 16 de setembro do mesmo ano, definiu-se, por votação, a primeira mudança de nome, passando para Rio Branco Football Club, muito provavelmente em homenagem ao Barão do Rio Branco.

O nome utilizado atualmente, Rio Branco Esporte Clube, vem desde 1961. Na década de 60, o Tigre deixou de representar a cidade, responsabilidade que passou a ser do Esporte Clube Vasco da Gama, o Vasquinho, até o final da década de 70.

A partir de 1979 a cidade foi novamente representada pelo Rio Branco, graças a uma fusão com o Vasquinho, que nessa época se chamava Americana Esporte Clube. A partir de 2009, o time de Americana sofreu com dois rebaixamentos consecutivos. Humilhado, com a apresentação de um novo time na cidade, o time disputou a série A3 e com dignidade chegou ao título


Parabéns ao Rio Branco, legítimo campeão Paulista da série A3.

Rio Branco
Éder; Oliveira, Marcos Vinícius, Bernardi (Júlio César) e Marins; Deda, Rafael Jataí, Rodrigo Celeste e Rafael Chorão; Túlio (Cecéu) e Marcos Dener (Fabio Junior)

Técnico: Luisinho Quintanilha

Grêmio Osasco
Yamada; David, Bruno Leandro, Bruno Alves (Lucas) e Iran (Luciano); Arthur, Mineiro, Rogério e Michel; Dedé e Celsinho (Cajú)

Técnico: Toninho Moura


 Marcelo Alves Bellotti

domingo, 20 de maio de 2012

Brasileirão série B impressiona por média de gols

Começou nessa última sexta-feira o Campeonato Brasileiro da série B. Nesse ano não aparecem em suas fileiras times que tradicionais da série A. Nesse grupo estão Guarani e Atlético-PR com um título brasileiro cada.

A primeira rodada foi um sucesso se analisarmos a quantidade de gols marcados. Em 10 jogos tivemos apenas 3 empates e nenhum deles em zero a zero.

Os destaques da primeira rodada ficaram por conta da goleada do já favorito Atlético-PR sobre o Joinville pelo placar de 4 a 1, mesmo jogando fora de casa. O Criciúma derrotou o Guaratinguetá também pelo placar de 4 a 1 e deixou a torcida do Vale do Paraíba com a pulga atrás da orelha, vendo uma possibilidade de um segundo rebaixamento consecutivo.

Mas a principal goleada da primeira rodada foi uma grande surpresa. Aproveitando a decisão do Goiás de poupar o time para a disputa do jogo de volta da Copa do Brasil. o América Potiguar goleou o time da capital goiana pelo placar de 5 a 2.

A primeira rodada mostrou ainda que os artilheiros prevaleceram frente os zagueiros. Isac e Lúcio Curió marcaram duas vezes cada no jogo do America, Romarinho marcou o gol da vitória do Bragantino, Fabio Junior marcou pelo América-MG e Zé Carlos brilhou no Criciúma, marcando dois gols. A se destacar ainda Fernandão (ex-Palmeiras) e Bruno Mineiro que ajudaram o Atlético a chegar a sua goleada marcando um gol cada.

Essas estatísticas mostram um campeonato começando em um ritmo muito bom, que leva a crer em uma ótima temporada. Vamos aguardar!

Marcelo Alves Bellotti

sábado, 19 de maio de 2012

Campeonato Brasileiro começa!

O Campeonato Brasileiro 2012 da primeira divisão começa hoje levando com ele a esperança de 20 times do país do futebol. Até por características regionais, todas as equipes se consideram favoritas a conquista do torneio, ou da tão sonhada vaga na Copa Libertadores da América.

Porém os clubes estão recém saídos de Campeonatos regionais que em sua grande maioria são inchados e competem com as fases iniciais de torneios como a Copa do Brasil e da própria Copa Libertadores, que faz com que muitas equipes iniciem o mês de maio com 30 jogos.

Isso significa que até agora em média esses clubes jogaram seis partidas por mês, não tiveram uma pré-temporada adequada e agora, no início do campeonato, tem que mesclar seus titulares ou jogar com equipes totalmente reservas para preservar a conquista das copas.

O pior nessa história toda é que o grande vilão da história acaba sendo os campeonatos regionais. Inchados e mal formulados, os regionais deixaram de ter a importância de antes, de formadores de craques hoje são demonstrados como grande caso de fracasso dos times chamados grandes.

Novamente sem planejamento e sem um objetivo claro, as equipes apenas se lamentam pelo calendário e pelas constantes contusões de seus maiores craques, sem se dar conta que são os maiores culpados pela situação.

Enfim, foi dada a largada para a fábrica de sonhos: o Brasileirão 2012.

Marcelo Alves Bellotti

segunda-feira, 14 de maio de 2012

Que mau humor!!!

Estamos acompanhando a formação de um grande time do Santos fazendo histórias e obviamente dividindo opiniões, com pessoas idolatrando Neymar e companhia e pessoas odiando os meninos, achando que são um bando de cai-cai e que na hora H treme, citando com orgulho o jogo contra o Barcelona.

Enfim, tudo se trata de opiniões. Algumas mais ásperas, outras nem tanto, mas são opiniões. Saber lidar com opiniões contrárias deveria ser uma condição para formação profissional nos tempos de hoje. Mas não é o que parece acontecer, sobretudo em um canal pago que se dispõe a falar de esporte.

Neymar é gênio! Quando eu escrevo essa frase, um torcedor são paulino fica bravo. Meu irmão acha que ele não passa de um cai-cai e que se continuar assim, terá vida curta. O goleiro do São Paulo uma vez disse que a maioria dos lances que acontecem em cima do Neymar não são faltas, fato esse que o próprio menino não desmentiu.

Enfim, quem emite opinião deve estar preparado para ouvir uma opinião contrária, quem é contundente deve estar preparado para a polêmica. Quem se dispõe a pagar para ter o direito de ter o canal pago e perde o seu tempo ouvindo a opinião desses cronistas deveria ter a sua opinião respeitada. Ainda mais pelo fato da emissora fornecer um espaço para interatividade.

Mas não é assim que funciona. Opiniões contrárias são ridicularizadas, o único ponto de vista a ser aceito é o dele próprio, a não ser que o seu coincida com o dele. Um mau-humor extremo que não aceita o diferente, a opinião contrária, uma visão diferente da dele.

Claro, existem casos que são abordados com palavras mais fortes, insultos etc... mas fundamentalmente são pessoas que se dispõem a ouvir a grande quantidade de bobagens proferida por esses senhores. E não é dado a essa audiência pagante, sequer o direito para dizer que não concordam, mesmo com espaço para interatividade.

Ainda bem que todos temos uma grande arma na mão. O controle remoto!!! Há muito tempo não ouvia esses senhores e pelo que ouvi hoje, vou ficar mais um bom tempo sem ouvi-los novamente.

Marcelo Alves Bellotti

sábado, 12 de maio de 2012

Mano convoca seleção para amistosos...

O técnico da Seleção Brasileira da CBF, Mano Meneses convocou na tarde dessa sexta feira vinte e três jogadores para a realização de quatro amistosos entre o final de Maio e o começo de Junho, contra as seleções da Dinamarca, Estados Unidos, México e Argentina.

Antes da convocação, o cacique de plantão na CBF, sr. José Maria Marin, abriu os discursos explicando que o fato de ter solicitado a lista de convocados 48 horas antes não significa que ele teria interferência na convocação de qualquer atleta na seleção. "Tomei conhecimento antecipado dos nomes que seriam convocados, mas esta lista permanece intacta".  Disse ainda que o mesmo valia sobre a sua opinião pessoal sobre Ronaldinho Gaúcho. 

A declaração foi endossada pelo técnico Mano Meneses, que em mais um de seus momentos infelizes disse: "Foi uma solicitação do presidente em uma conversa absolutamente normal. Só queria saber a relação antes da imprensa. É um direito que ele tem. Ou vocês acham que os outros presidentes da CBF ficaram sabendo da relação por vocês? No Banco Central, por exemplo, o (ex-presidente do banco) Henrique Meirelles baixava os juros sem comunicar antes o (ex-presidente da República) Lula?"

Vamos fazer uma reflexão do que eles disseram. Se realmente é um procedimento normal (e isso parece ser óbvio) a apresentação da lista ao presidente 48 horas antes, qual a razão de se tornar pública essa solicitação? Ora, se o procedimento é habitual e já estava sendo feito, não havia necessidade da afirmação pública! 

Ao analisarmos a declaração, fica a impressão de que há um recado implícito deixando claro na relação de poder, quem dará as ordens na CBF. E o recado parece não ter o técnico como endereço, mas sim o diretor de seleções.

Mano foi infeliz, mas tinha absoluta razão no que disse... Imaginemos se o Meirelles decide baixar a taxa de juros em dois pontos percentuais, cedendo a uma pressão da oposição a política de juros do planalto. Imagine que ele envie essa proposta dois dias antes para o Lula? No mínimo, Lula ia pessoalmente cuidar para que isso não ocorresse, mesmo que tivesse que demitir o próprio ex-presidente do Banco Central. Obviamente, Meirelles não faria nada que não fosse ao encontro do pensamento político do seu presidente, como não fez. Assim, seguindo esse raciocínio, Mano não convocou Ronaldinho.

Mano convocou exatamente dentro de sua coerência, obedecendo a lista dos 52 nomes pré-convocados para a olimpíada. Por essa razão, não podemos nos espantar com a presença de tantos nomes desconhecidos em uma convocação. A pompa é de seleção principal, mas a essência da convocação é para a seleção Olímpica. Seguem os nomes:


Goleiros: Jefferson (Botafogo); Neto (Fiorentina-ITA) e Rafael (Santos) 

Laterais: Daniel Alves (Barcelona-ESP), Alex Sandro (Porto-POR), Danilo (Porto-POR) e Marcelo (Real Madrid-ESP) 
Zagueiros: Bruno Uvini (Tottenham-ING), David Luiz (Chelsea-ING), Juan (Internazionale-ITA) e Thiago Silva (Milan-ITA) 
Meio-campistas: Casemiro (São Paulo), Paulo Henrique Ganso (Santos), Giuliano (Dnipro-UCR), Lucas (São Paulo), Oscar (Internacional), Rômulo (Vasco) e Sandro (Tottenham-ING). 
Atacantes: Alexandre Pato (Milan-ITA), Hulk (Porto-POR), Leandro Damião (Internacional), Neymar (Santos) e Wellington Nem (Fluminense)


Ao compararmos com a lista dos 52 nomes, veremos que todos constam em sua lista. Daqui em diante, por coerência, todas as convocações tem que seguir esses nomes. Reparem que não temos os nomes de Kaka ou Ramires, o que indica que eles não serão convocados para a Olimpíada.


Veja a lista com os jogadores divididos por posições (em negrito, aqueles com mais de 23 anos):


Goleiros
Diego Alves (Valencia) – 26 anos
Gabriel (Cruzeiro) – 19 anos
Jefferson (Botafogo) – 29 anos
Júlio César (Inter de Milão) – 32 anos
Neto (Fiorentina) – 21 anos
Rafael Cabral (Santos) – 21 anos
Renan Ribeiro (Atlético-MG) – 21 anos



Laterais
Adriano (Barcelona) – 27 anos
Alex Sandro (Porto) – 21 anos
Daniel Alves (Barcelona) – 28 anos
Danilo (Porto) – 20 anos
Fágner (Vasco) – 22 anos
Gabriel Silva (Novara) – 20 anos
Galhardo (Flamengo) – 20 anos
Marcelo (Real Madrid) – 23 anos
Rafael (Manchester United) – 21 anos



Zagueiros
Bruno Uvini (Tottenham) – 20 anos
David Luiz (Chelsea) – 24 anos
Dedé (Vasco) – 23 anos
Juan (Inter de Milão) – 20 anos
Lucas Mendes (Coritiba) – 21 anos
Luisão (Benfica) – 31 anos
Marquinhos (Corinthians) - 17 anos
Romário (Internacional) – 19 anos
Thiago Silva (Milan) – 27 anos



Meio-campistas
Allan (Vasco) – 21 anos
Bernard (Atlético-MG) – 19 anos
Casemiro (Sâo Paulo) - 20 anos
Douglas Costa (Shaktar Donetsk) – 21 anos
Elias (Sporting) – 26 anos
Elkeson (Botafogo) – 22 anos
Fernandinho (Shakhtar Donetsk) – 26 anos
Fernando (Grêmio) – 20 anos
Paulo Henrique Ganso (Santos) – 22 anos
Giuliano (Dnipro) - 21 anos
Hernanes (Lazio) – 26 anos
Lucas (São Paulo) – 19 anos
Oscar (Internacional) – 20 anos
Philippe Coutinho (Espanyol) – 19 anos
Rômulo (Vasco) – 21 anos
Ronaldinho Gaúcho (Flamengo) – 31 anos
Sandro (Tottenham) – 22 anos



Atacantes
Alexandre Pato (Milan) – 22 anos
André (Atlético-MG) – 21 anos
Dudu (Dínamo de Kiev) – 20 anos
Henrique (Granada) – 20 anos
Hulk (Porto) – 25 anos
Jonas (Valencia) – 27 anos
Leandro Damião (Internacional) – 22 anos
Neymar (Santos) – 20 anos
Wellington Nem (Fluminense) – 20 anos
Willian José (São Paulo) – 20 anos


Marcelo Alves Bellotti

quarta-feira, 9 de maio de 2012

União Esportiva Funilense

Hoje vou falar da história da União Esportiva Funilense, um time nascido da idéia de três times que costumavam a se enfrentar no campo da Usina Ester, em Cosmópolis.

A Usina Ester é uma usina açucareira fundada em 02 de Março de 1898 que tem como o seu objetivo a produção e a comercialização de açucar e álcool.

A idéia de formar um time veio em 1º de novembro de 1933 e seu primeiro nome foi Associação Desportiva e Musical Usina Ester. O time chamou-se ainda por um período de União Funilense de Esportes até receber o nome definitivo de União Esportiva Funilense.

O nome Funilense surgiu pela história da cidade sede do time. Em 1892 o então presidente da câmara municipal de Campinas, José Paulino Nogueira autorizava o município a construir uma estrada de ferro para o escoamento da produção agrícola em uma região conhecida por Funil. Assim nascia a "Carril Agrícola Funilense" e um povoado em volta da Estação Funilense.

Esse povoado foi passando por várias denominações... "Campo das Palmeiras", "Burgo", "Núcleo Campos Sales" até que e 1906 é criado o distrito de Cosmópolis, subordinado a Campinas.

Ao olharmos a região no mapa percebemos que realmente ela se assemelha a um funil, que liga Campinas a várias regiões do Estado de São Paulo.

O time teve sua participação no profissionalismo entre os anos de 1978 a 1987 atuando nas divisões menores do campeonato Paulista.

O seu estádio foi construído dentro da Usina e é um caso a parte. Seu nome é Estádio Dr. Sérgio Luis Coutinho Nogueira, e tem capacidade para cerca de 500 pessoas. O nome do estádio homenageia a família Nogueira, que controla o conselho de Administração da Usina.

Visitei o estádio a convite do amigo Andreense Mauricio Noznica, publicitário e apaixonado pelo futebol do Interior, dono do site As Mil Camisas onde consta histórias do nosso futebol. 

Lamentavelmente o time se retirou do profissionalismo e a cidade de Cosmópolis não possui representantes no profissionalismo.

Fica a beleza do cenário da cidade e do Estádio.

Participações em estaduais

Terceira Divisão (atual A-3) = (oito)
- 1980 - 1981 - 1982 - 1983 - 1984 - 1985 - 1986 - 1987
Quarta Divisão (atual Série B) = 2 (duas)
- 1978 - 1979

Marcelo Alves Bellotti

terça-feira, 8 de maio de 2012

O Santos e a FPF

Não queria abordar esse tema. Relutei muito até decidir escrever. A Federação Paulista de Futebol coroou o péssimo campeonato Paulista e resolveu tirar da equipe do Guarani a possibilidade de jogar em Campinas, levando as duas partidas da final para o estádio do Morumbi.

O time santista e flagrantemente de melhor qualidade do que o time de Campinas. Afinal de contas, o time da Vila Belmiro tem PH Ganso, Neymar, Arouca e mais uma dezena de ótimos jogadores, enquanto que resta ao time Campineiro apenas a imagem de jogadores guerreiros que até o ano passado não tinham salário em dia.

Isso tudo é verdade, mas não ganha jogo. Lembramos que o Santos sofreu para derrotar o São Caetano nas finais de 2007, e mesmo com os craques de 2010, sofreu muito para desbancar o Santo André na final. Em ambas as vezes, os times jogaram ambos os jogos na Capital Paulista.

Após a decisão da FPF em levar os dois jogos para São Paulo, o recado para os times pequenos foi claro! A elitização do futebol não pode permitir sequer a possibilidade do time de maior investimento ser derrotado.

É verdade, a FPF tem poderes sobre o mando de campo, conforme o regulamento. 

Art. 5º - Na determinação do número de mandos de jogos de cada Clube foi utilizado o critério técnico, observada a classificação do Campeonato Paulista - Primeira Divisão - Série A1 de 2011. 

§ 1º - A designação do local onde serão realizadas  as partidas entre Santos Futebol Clube, São Paulo Futebol Clube, Sociedade Esportiva Palmeiras e Sport Club Corinthians Paulista competirá ao DCO. 

§ 2º - A designação do local onde serão realizadas  as partidas da fase de quartas de final, semifinal e final da Competição caberá ao DCO. 

Porém entendo o futebol como manifestação popular, sendo os clubes a maior expressão disso. Os clubes de futebol nasceram no país desde o começo do século passado para poder representar a sociedade local. É uma manifestação popular. E como tal deveria ser repeitada.

Ao retirar os jogos finais de Campinas, a FPF avilta os clubes do Interior, relegando-os a meros participantes do campeonato.

Acredito que time de futebol existe pra representar a suas cores e o seu povo, a sua cidade. Se é pra ganhar dinehiro, abra um banco! 

Sei que se o Santos jogar 19 partidas contra o Guarani, talvez ganhe 18 e empate 1, mas não se pode tirar o direito (pelo menos para mim) do Guarani representar o comunidade de Campinas jogando para o seu público. 

Marcelo Alves Bellotti

domingo, 6 de maio de 2012

Futebol do Interior chega ao final

O Paulistão chega ao seu final e o saldo para os times do interior são positivos e significativos. Mesmo após a Federação Paulista permitir a classificação de oito times para a fase final e com isso garantir a presença dos chamados "times grandes" na final.

Mas o tiro saiu pela culatra pois uma das semi-finais foi disputada por dois "intrusos", Guarani e Ponte Preta. E a final será disputada a partir de amanhã entre Guarani e Santos. Três das maiores torcidas do país ficaram de fora das finais.

Para garantir que não haverão mais surpresas, a FPF tratou de propor um acordo financeiro e levou a final em duas partidas no que eles chamaram de "campo neutro", ou seja, no Morumbi, longe de Campinas e de Santos. Ao final de duas partidas, a consagração da conquista do time de maior torcida.

Já o Torneio do Interior teve o seu primeiro jogo final no último sábado. Mogi Mirim e Bragantino se enfrentaram e o Sapão levou a melhor. Mesmo jogando em Bragança Paulista, o time de Mogi derrotou o Bragantino pelo placar de 4 a 2 e deu um passo importante na conquista do título.

O sábado também marcou a final da série A2. Em Santa Bárbara D'Oeste o São Bernardo FC deu um passo importante para garantir um título. Jogando na casa do seu adversário, mostrou força de conjunto e conseguiu um ótimo empate já nos acréscimos.

No próximo final de semana pelo menos dois clubes do interior estarão celebrando um título. Importante para a cidade e para a identificação do cidadão com a suas raízes.

TORCEDOR, APOIE O TIME DA SUA CIDADE!

Marcelo Alves Bellotti

terça-feira, 1 de maio de 2012

Elite a qualquer custo

O interior paulista é repleto de histórias sobre rebaixamentos e acessos, alguns com heroísmo e outros discutíveis. Até hoje por exemplo o Comercial de Ribeirão Preto reclama de um jogo de compadres que acabou rebaixando o time do Bafo.

No último domingo, a situação não foi diferente. Envolvidos no dilema estavam o time do Audax da cidade de São Paulo (antigo pão de açúcar), o Atlético Sorocaba e o União Agrícola Barbarense.

A rodada decisiva reservava em seus jogos alguns acontecimentos curiosos. O time do Audax derrotava facilmente a Ferroviária pelo placar de 3 a 1. O Audax já tinha sido uma das melhores equipes da primeira fase, tinha em seu comando o trabalho competente do polêmico técnico Antônio Carlos Zago.

No outro jogo, a Barbarense derrotava o Atlético Sorocaba pelo placar de 2 a 0 e com o resultado classificava o Audax para a principal divisão do Campeonato Paulista. Começaram então os fatos curiosos.

Não posso acreditar que no esporte que eu amo tudo seja preparado para favorecer um time em detrimento do outro. Não sei o que poderia acontecer com times "novos" e representados por grandes empresas, que grandes interesses eles poderiam ferir ao oligopólio do futebol.

O fato é que o Atlético de Sorocaba chegou ao empate pelo placar de 2 a 2, o que fez com que o time sorocabano chegasse a principal divisão do Paulistão. Fez um gol aos 40 minutos e outro aos 54 minutos com um pênalti discutível. Outro detalhe é que a partir dos 38 até o último minuto três atletas do Barbarense foram expulsos.

Coisas do futebol? talvez... tirem as suas conclusões!!!

Em 2013 teremos São Bernardo, União Barbarense, Penapolense e Atlético Sorocaba. Qual será o preço disso tudo?

Marcelo Alves Bellotti