Playlist

domingo, 3 de junho de 2012

Itália e seu Calcioscommesse

A Itália vive mais um escândalo no Cálcio. Desta vez o problema se concentra em Cremona e prendeu 19 acusados, dentre eles dez jogadores profissionais, todos eles acusados de manipulação de resultados.

O "esquema" é o mesmo das outras vezes... manipulação de resultados envolvendo rebaixamentos das equipes menores e muito dinheiro envolvido em apostas, antigamente na loteria esportiva, agora em sites de apostas.

Lembro-me do caso de Tuta, quando jogava no modesto Venezia, que indevidamente fez o gol da vitória do seu time em um jogo contra o Bari. A coisa foi tão descarada que o jogador brasileiro comemora o gol sozinho, como mostra a imagem.

video

Isso mostra que os casos de manipulação de resultados não estão localizados em 1982 e em 2006, como quer dizer a imprensa, colocando que nesses anos a seleção Italiana conseguiu duas Copas do Mundo.

O escândalo de manipulação de resultados é recorrente na Itália e deve ser repensado, pois como sempre será punido com prisão dos jogadores e rebaixamento das equipes. Porém, pensando no problema e não apenas nas suas causas, as punições deveriam servir para que os escândalos fossem inibidos. Porém não é isso o que vem ocorrendo na Itália.

Ano após ano a manipulação de resultados vem acontecendo, o dinheiro das apostas cresce ao invés de diminuir o recado que é passado para a sociedade italiana não parece inibi-la a continuar com esse procedimento.

Talvez um choque, como se aventa na Itália, de suspensão do Cálcio por dois anos pode fazer com que o futebol deixe de ser olhado com tanto interesse pelas casas de apostas italianas. Mas também estarão agindo na causa.

O grande problema é a manipulação de resultados. Para que o governo e a sociedade italiana possa enfrentá-lo, deve agir nas casas de apostas. La está o começo para a solução do problema. O Italiano deve começar a olhar para o problema com outra ótica.

Marcelo Alves Bellotti

Nenhum comentário:

Postar um comentário