Playlist

sexta-feira, 7 de setembro de 2012

São Carlos Clube

Hoje apresentamos o São Carlos Clube, um clube que se notabilizou pela sua equipe de basquete na década de 60 e que representou a cidade se São Carlos no profissionalismo nos anos de 1965 a 1970.

São Carlos é uma grande cidade do interior paulista. Com 221.936 habitantes, segundo o censo de 2010 a cidade tem dois campi da Universidade de São Paulo, a Universidade Federal de São Carlos e o Instituto Federal de São Paulo, além de duas outras grandes universidades particulares. Isso fez com que a cidade fosse conhecida como "Capital da Tecnologia". São Carlos foi fundada em 4 de novembro de 1857, dia de São Carlos Borromeu, padroeiro da cidade, sendo que em 1908 teve o seu nome reduzido de São Carlos do Pinhal para São Carlos, nome que permanece até hoje.

O time do São Carlos Clube, conhecido como Majestoso ou Águia Paulista foi fundado em 9 de janeiro de 1944 e ficou conhecido como o clube da elite Sãocarlense.

Mesmo tendo representado o futebol de São Carlos no profissionalismo durante pouco tempo, o time contou com figuras ilustres, como o treinador Zezé Procópio, que disputou a Copa do Mundo de 1938 pela seleção Brasileira, o técnico Manga, ex-goleiro do Santos da década de 60 e jogadores como o zagueiro Anisio (que depois disso ajudou na formação do Santo André FC) e Lance, que jogou no Corinthians na década de 70. Inclusive, Lance tem uma marca na Águia: no campeonato de 1969, o time marcou 14 gols no campeonato Paulista, sendo que 13 gols foram marcados pelo atacante.

O time foi campeão do Campeonato Paulista da série A3 em 1966. Mandava os jogos no Estádio Paulista de sua propriedade. 


A se destacar alguns jogos inesquecíveis do São Carlos Clube, como a primeira partida do clube no profissionalismo em 16 de maio de 1965, empate em 1 a 1 contra o Nacional da Capital, ou o jogo de 27 de fevereiro de 1966, na inauguração da iluminação do estádio Paulista com uma derrota do time para a Ferroviária pelo placar de 2 a 0. 

Em 7 de agosto de 1966 o São Carlos Clube fez um amistoso memorável contra o Palmeiras, que marcou o recorde de público do estádio Paulista e um empate de 4 a 4. 

Outro jogo inesquecível foi o amistoso contra a Seleção Olímpica do Brasil em 10 de março de 1968, que marcou um empate por três gols. Os times formaram da seguinte maneira:

Seleção Olímpica do Brasil: Raul Marcel (Palmeiras); Tuta (Ponte Preta), Almeida (Corinthians) (Cláudio Deodato (São Paulo)), Major (Vasco) e Miguel (Olaria); Tião (Corinthians) e Moreno (Palmeiras); Manoel Maria (Santos), Lauro (Palmeiras) (Plínio (Corinthians)), China II (Palmeiras) e Toninho (São Paulo) (Luis Henrique (Fluminense)) - Técnico: Antoninho.

São Carlos Clube: Macalé; Nelson, Zequinha, Pádua e Nenê; Dirceu (Chiquinho) e Adair; Rui, Édson, Itamar (Itajubá) e Nê.

Gols: China II (2) e Tuta para a Seleção, e Édson, Rui e Itajubá para o São Carlos Clube.

Hoje o futebol de São Carlos é representado pelo São Carlos Futebol Ltda que manda seus jogos no estádio Luís Augusto de Oliveira.

Marcelo Alves Bellotti

Nenhum comentário:

Postar um comentário