Playlist

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

Mascotes - Histórias do Futebol Brasileiro

O futebol brasileiro é rico em histórias. Por ser um esporte popular, gestos e atitudes simples marcam a história de um time de futebol. Muitas vezes são situações engraçadas e ouras curiosas, como a do Taubaté.

O Esporte Clube Taubaté foi fundado em 01/11/1914, porém um fato curioso deternimou o apelido do clube que se transformou em seu mascote: Hoje o Taubaté é conhecido como "o Burro da Central".

Diz a história que durante a disputa do Campeonato Paulista de 1.954 da segunda divisão, vencido pelo prórpio Taubaté, em um jogo no dia primeiro de maio contra o Comercial de Ribeirão Preto, o time de Taubaté escalou o atacante Alcino, mesmo sabendo que ele estava com a situação irregular junto a Federação Paulista de Futebol. O Taubaté venceu a  partida pelo placar de 6 a 3, mas teve os seus pontos retirados pela Federação Paulista que o puniu pela escalação do atacante.

A imprensa paulista, porém não perdoou o fato, passando a chamar o Taubaté de "o Burro da Central"... 

Alguns anos depois, o apelido foi incorporado pelo clube, que criou o mascote e até hoje é conhecido pelo apelido. O curioso é que quando a torcida quer incentivar o time, grita "Burro, Burro...", os técnicos que não estão acostumados pensam que é com eles...

Títulos:
Campeonato Paulista do Interior - 1919, 1926 e 1942
Campeonato Paulista Segunda Divisão - 1954
Campeonato Paulista Intermediária - 1979
Campeonato Paulista Série A3 - 2003
Campeonato Paulista Sub-20 - Segunda Divisão - 1985


Outra história curiosa de mascotes é a do Clube Atlético Linense. O time é conhecido como "o Elefante da Noroeste". O clube foi fundado em 11/02/1930.

Contam que o apelido surgiu no final da década de 40, quando o time foi pentacampeão da região Noroeste e por três vezes chegou a final do Campeonato de Acesso, que daria a oportunidade do time de Lins participar do Campeonato da Pirmeira Divisão Paulista.

Na seguda vez em que o Linense disputou o acesso, o jogo foi acompanhado pelo jornalista de "A Gazeta Esportiva", chamado Ricardo Menegel, que ao escrever sobre a derrota da Linense disse que o time de Lins era muito pesado, porém muito persistente. Daí então foi criado o Elefante da Noroeste, já que o elefante é pesado, mas persiste no que faz.

O apelido perdura até hoje e traz fatos curiosos como o desfile de jogadores montados em elefantes, na comemoração do título de 1.952 ou um desfile de elefantes na pista de atletismo do estádio Municipal no ano de 2.000.

Titulos:
Campeonato Paulista - Segunda Divisão - 1952
Campeonato Paulista do Interior - 1952
Campeonato Paulista - Série A3 - 1977
Campeonato Paulista Série A2 - 2010
Penta Campeão do Noroeste Paulista - 1948, 1949, 1950, 1951 e 1952

Marcelo Alves Bellotti

Nenhum comentário:

Postar um comentário