Playlist

quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Jogo de risco na Copa SP

É difícil imaginar o que pode acontecer no jogo de amanhã válido pela Copa São Paulo de Futebol Junior, entre Corinthians e São Paulo. Ambos os times tem levado um número expressivo de torcedores em seus jogos na Copinha, seja o São Paulo em São José dos Campos, seja o Corinthians, na Arena Barueri.

Recentemente os torcedores do Corinthians se envolveram em uma grande briga com os policiais militares no estádio em Barueri, que demorou a ser liberado para o público pela Polícia Militar, causando uma tentativa de invasão por parte dos torcedores que foram contidos pelos policiais.

O que houve de repente foi simplemente uma "troca de mando" uma vez que Palmeiras que mandava seus jogos em Limeira vai jogar contra o Botafogo na Arena Barueri. A Federação Paulista de Futebol determinou que para esse jogo entre Corinthians e São paulo haverá cobrança de ingresso (sete mil ingressos para cada torcida). Para a segurança no estádio, o contingente destacado será de 160 oficiais da PM e 50 da GCM. Os ingressos para a numerada serão comercializados para ambas as torcidas.

O estádio Major Levy Sobrinho estava interditado e não poderia receber jogos onde são cobrados ingressos, porém vinha recebendo os jogos do Palmeiras normalmente sem nenhuma ocorrência mais séria. Porém a imprensa especializada dá muito valor a isso, pois é somente essa a repercussão que vemos em sites "especializados" como se o grande problema desse jogo fosse o Estádio em Limeira.

Torcedores profissionais tem uma péssima estatística em jogos no interior do Estado, com arrastões em postos de gasolina e confrontos marcados nas estradas. Segundo declarações do Coronel Marinho a Band no programa esporte Notícia, “Houve uma solicitação por parte da CPTM, que nos informou só existir uma linha que liga São Paulo a Barueri, o que iria causar uma série de problemas nessa linha, por ser um dia útil. Por isso decidimos mudar o jogo entre Corinthians e São Paulo para o Limeirão, que oferece melhores condições de acesso de público e separação de torcidas”. Ainda segundo o Coronel, haverá um comboio acompanhando os deslocamentos das torcidas... 

Acho que falta diálogo, acordo, pensar o evento com a importância que ele tem! Lembro de uma final de Copinha disputada em 2008 entre as equipes do Figueirense e o Rio Branco de Americana. Um acordo entre as partes levou a final da Copinha para o Estádio Nicolau Alayon, na Barra Funda! Um pouco de bom senso levaria tranquilamente esse jogo ao Pacaembu! Mas esse não parece ser o forte da FPF. Vamos torcer para que nada aconteça!

Marcelo Alves Bellotti

Nenhum comentário:

Postar um comentário