Playlist

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Mundial de clubes deu a lógica

O Mundial de Clubes da FIFA retornou ao Japão, após duas temporadas fora da terra do sol nascente o campeonato voltou e deu a lógica. O Campeão da Libertadores da América enfrentará o campeão da Champions League.

Mais do que isso, o Santos encara o Barcelona. Frente a frente Neymar e Messi se encontrarão no próximo domingo.  O jogo promete ser empolgante. Conhecendo o técnico do Santos, sabemos que ele não vai expor o time, mas sim explorar a retomada de bola e o contra ataque. Por isso a preocupação extrema com as falhas de marcação cometidas no primeiro jogo.  A retomada de bola e a velocidade serão fundamentais no jogo contra o Barça.

Do lado catalão, uma experiência incomum, mesmo com a pouca idade do técnico Guardiola e dos seus comandados. Encaram o Santos de uma maneira muito profissional, assim como fazem nos confrontos contra o Madrid, seu maior rival, ou contra qualquer time em qualquer competição. Declarações politicamente corretas, sem entrar em provocações ou polêmicas.

A missão do Santos é realmente difícil. Recentemente acompanhei um jogo emocionante entre Barça e Milan, no San Ciro, jogo em que a equipe Rossonera jogou demais, mas perdeu para o Barça por 3 a 2. No  jogo contra o Madrid, também fora de casa, o time de Guardiola também saiu atrás. Com paciência e muita posse de bola, virou o jogo.

É sem dúvida o melhor time do mundo, o que pratica o melhor futebol. Caso o Santos supere o time espanhol, a conquista será memorável e digna de registro na história santista, relembrando os grandes tempos do Rei do futebol mundial. Mesmo assim, o Barça seguirá como o melhor futebol do mundo. Foi assim contra o Inter de Gabiru e não será diferente contra o Santos. Não está em jogo decidir qual dos dois é o melhor do mundo, mas sim quem vai ser o campeão mundial interclubes..

Para que os torcedores tenham a exata dimensão do que escrevo, a situação do Santos hoje é a mesma vivida pelo Santo André na final do Campeonato Paulista de 2010. O Santos era disparado o melhor time do campeonato, jogava o melhor futebol do país. Na final o que estava em jogo não era o título de "melhor time", mas sim o de Campeão Paulista.

No domingo, saberemos então apenas qual dos dois times se tornará campeão mundial de clubes. A paixão dos torcedores e da crônica, porém falarão por si caso o time de Vila Belmiro vença. Mas aí, todos estão em seu papel mesmo. Sem paixão, não tem como haver futebol.

Marcelo Alves Bellotti

Nenhum comentário:

Postar um comentário