Playlist

sábado, 10 de setembro de 2011

Neymar - Eterna Polêmica

Neymar é craque. Disso eu não tinha dúvida desde a base. Ele é especial, sabe tocar a bola, dribla muito e faz gols.

Tem as suas imperfeições? seus defeitos? Claro... Isso todos temos. Ainda mais um menino tão novo em um futebol competitivo.

Entre os seus defeitos, o menino gosta de se jogar... isso é natural pela pouca idade!

O que tenho notado é que existe uma dualidade nas opiniões. Os que são contra, são exagerados, em um sentimento que beira ao ódio... Os que são a favor, simplismente acham que trata-se do jogador mais caçado do futebol brasileiro.

É interessante verificar como a opinião dos técnicos mudam de acordo com o seu interesse, como a do Muricy hoje logo após o jogo do Santos contra o Cruzeiro.

O fato é que o time do Cruzeiro teve dois jogadores expulsos por conta de lances com o menino. Fabricio o agrediu enquanto o zagueiro que ia tomando uma carretilha levou um amarelo totalmente injustificado.

Neymar é esperto. Sabe como e quando comanda a arbitragem no Brasil. Faz o que bem entende com os árbitros, como fez hoje na primeira expulsão. O lance foi normal, revendo depois chegia a duvidar se realmente foi falta.

No final do jogo, Muricy bradou aos quatro cantos que agora a imprensa que tanto criticou o menino, deveria agora estar do lado dele, que já não cai mais, a seu pedido e que continua sendo caçado.

Não é verdade. Neymar continua se jogando. Muricy não tem essa capacidade nem esse mérito. O menino deu uma boa melhorada, e deve sim é parar de ser perseguido.

Em lances que ele se jogar, como aconteceu hoje... é só não marcar falta. Não podemos nos esquecer que, com a camisa do Brasil em Londres, Neymar foi vaiado PELO ESTÁDIO INTEIRO, por se jogar simulando faltas e pênaltis.

Será que isso foi influência da crônica esportiva??? Pura bobagem.

O tempo vai faze-lo agir de acordo com a situação. Na Inglaterra, jogue como os Ingleses, onde quase nada é falta. Na Europa, porte-se como Europeu, não reclamando de árbitros nem discutindo com técnicos ou companheiros de equipe. Na Libertadores, jogue sabendo que vai apanhar e bater, que sofrerá pressão e tudo mais.

Isso virá com o tempo. O menino é craque e vai aprender.

E ainda vai nos dar alegrias... é só esperar!

Marcelo Alves Bellotti

Nenhum comentário:

Postar um comentário