Playlist

quinta-feira, 15 de março de 2012

CBF: Nada Mudou!

Enfim, o excelentíssimo presidente da Confederação Brasileira de Futebol envolvido em uma série de denúncias que começaram com a recusa da entidade máxima do futebol Mundial a candidatura da Inglaterra como sede da Copa do Mundo, renunciou o seu cargo. A óbvia retaliação a todos os que se opuseram a candidatura dos inventores do futebol provocou essa renúncia.

Independente do nome de quem sai e de quem chega, o que parece é que só houve uma "dança de cadeiras", que não significa em nenhum momento uma mudança de filosofia. Presidentes de federação demonstram insatisfação com a troca de poder, sugerindo um favorecimento ao estado de São Paulo.

Pura cortina de fumaça! A grande reflexão está sobre o legado da última administração do futebol. O que esse modelo de Administração deixa para o futebol brasileiro? A CBF nessa administração faturou milhões tanto na venda de direitos dos eventos "jogos da seleção" quanto nas quotas de televisão.

Mas isso faz da CBF um case de sucesso? Um exemplo de administração a ser seguido? Nem de longe... Acredito que a grande missão das Confederações é a de defender e representar os seus integrantes, ou seja, os clubes. Mas o que vemos? CBF faturando milhões e os clubes praticamente falidos.

Para que serve uma confederação rica e os clubes pobres? qual o sentido de comandar jogos de uma seleção que não é feita para jogar para o seu próprio povo? Discutimos tanto a Copa do Mundo sem se dar cota de que o evento não foi feito para nós, que apenas será disputado no nosso país?

A cada movimento dos dirigentes da CBF fica mais claro o recado que ela passa para a sociedade brasileira. Sua missão mudou e consequentemente, os interesses que ela representa não são os interesses do clube, ou do futebol brasileiro como um todo.

Talvez você que lê esse post não consiga ver isso, por torcer para times elitizados, de grande torcida e que tem os seus jogos transmitidos a cada quarta e domingo. Mas o movimento de elitização está fazendo com que o futebol se transforme em esporte para poucos. A seleção há tempos não empolga, somente serve para tirar os atletas de seus clubes e dos campeonatos... os clubes grandes que só querem jogar entre si... a crônica esportiva esculhambando os regionais, enfim... aos poucos o bom e velho futebol vai perdendo o apelo dos pequenos centros. É a modernidade! 

TORCEDOR, APOIE O TIME DA SUA CIDADE! NÃO DEIXE O FUTEBOL REGIONAL MORRER!

Marcelo Alves Bellotti

Nenhum comentário:

Postar um comentário