Playlist

quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

Neymar, de monstro a melhor do mundo!

Neymar é hoje um dos três maiores jogadores do mundo. Está entre os eleitos da FIFA para receber esse prêmio. Provavelmente não será o eleito, mas o fato de estrar entre os três escolhidos já o coloca em um patamar superior.



Tenho visto em sites especializados, a lembrança da declaração de René Simões, quando treinava o Atlético Goianiense, "estamos criando um monstro". Hoje em dia, essa declaração retirada do contexto em que ela aconteceu faz do seu autor motivo de chacota.

Poucos se lembram do que aconteceu, e mesmo os que se lembram, minimizam o ocorrido. Neymar, então treinado por Dorival Junior em 2010 mandava e desmandava no Santos. Levava nas costas jogadores que na época apareciam como craques. 

O fato é que, no contexto de 2010, onde o Santos não tinha técnico e nem comando, os jogadores comandaram o time e levaram o Santos ao patamar de um dos grandes times brasileiros. Neymar nesse jogo ficou irritado em não bater o pênalti... deu um piti ridículo, uma atitude extremamente infantil, xingou seu técnico e seus companheiros... coisa de jogo? Beleza... no vestiário, jogou um copo d'água na cara do auxiliar técnico Ivan Izzo... e o presidente do clube em uma entrevista a uma TV paga, achou isso "normal", pois o Ivan estava o repreendendo de maneira muito brusca!



O Santos estava criando um pequeno monstro, que não ia chegar a lugar nenhum. Enfim, hoje o Neymar corrigiu o seu rumo, respeita seus técnicos (até ser substituído, pois já andou bravinho na chegada de Luiz Enrique) . Sendo o futebol tão carente de ídolos, a tendência é de idolatrarmos um craque e as vezes nos esquecemos que ele é  humano, tem suas falhas e seus defeitos. É um craque, suas marcas e títulos realmente impressionam. 

Agora, tirar declarações de um contexto, ridicularizando quem falou, para mim está muito longe de ser jornalismo... Enfim... cada um faz o que sabe...