Playlist

domingo, 26 de agosto de 2012

Deixem o Ganso jogar!!!

Tenho ouvido com atenção tudo o que está sendo dito e escrito com relação a Paulo Henrique Lima, atleta do Santos conhecido como Ganso cujos empresários vivem às turras com os dirigentes santistas.

Futebol é paixão. Essa máxima faz com que qualquer palavra dita por qualquer dos lados seja estopim para uma grande crise... PH Ganso declarou, acerca do interesse do São Paulo: "Seria um prazer (defender o time são-paulino), mas tenho a consciência de que eu tenho contrato com o Santos". Após a declaração, a resposta santista (em nota oficial, divulgada em seu site): "Em nome de sua torcida apaixonada, o Santos FC também lamenta as declarações do atleta de que ‘gostaria de vestir a camisa do São Paulo"

Uma demonstração explícita de intolerância... o pior vem por parte da Crônica Esportiva, que cobra fortemente uma posição clara do atleta, se quer ficar no Santos ou jogar no São Paulo.

Isso foi o que as duas partes deixaram transparecer na Imprensa. Ao analisarmos o caso com um pouco de paciência, veremos que a briga envolve muito mais do que as declarações infelizes do Ganso. O interesse é da atual diretoria do Santos contra um grupo empresarial que há algum tempo atrás, financiou a base santista e teve como garantia o direito sobre alguns jogadores. 

Esse grupo empresarial há algum tempo teve o seu interesse contrariado na renovação do contrato de Neymar e agora tenta a qualquer custo tirar o seus atletas da Administração da atual diretoria do Santos.

Existem muitos conflitos de interesses na relação entre Santos Futebol Clube e o grupo que representa alguns jogadores da base santista. O curioso é que a crônica esportiva "compra" essa briga e exige do pobre menino que ele decida onde quer jogar. Perguntas pertinentes são colocadas a todo o momento ao garoto que sempre tem a mesma postura... "Se termino o Brasileiro aqui? Eu tenho contrato com o Santos..."

A ele cabe cumprir o contrato, coisa que ele faz bem. O que acontece fora das quatro linhas pertence ao grupo proprietário dos seus direitos federativos e a diretoria do Santos... Eles que se rachem e deixem o menino em paz. Aí vem o Mano e para de convocá-lo... 

Nunca vi tanta insensatez reunida. Enfim...

Marcelo Alves Bellotti

sábado, 25 de agosto de 2012

Futebol Internacional... Começa o futebol na Europa!

Os campeonatos Europeus iniciaram a temporada 2012-13. Destaques para as equipes que acompanharei mais de perto nesta temporada.

Na Liga Sagres (Portugal) o Gil Vicente, time da cidade de Barcelos estreou com apenas um empate sem gols contra o FC Porto. O time conta no seu elenco com os ex-Andreenses Ramazzotti, Halisson, Luís Carlos e contratou recentemente o meia atacante Djalma por duas temporadas.

Na Inglaterra, a Premiere League chega com a pompa de melhor futebol do planeta, mostrou até agora muita competição e pouca técnica. Destaque para o grande Éverton que chegou a duas vitórias em dois jogos.

Hoje começa o Italiano. Mergulhado ainda nos escândalos de denúncia de corrupção, o Calcio começa sem maiores destaques. O Milan estréia amanhã, sem Ibra, Seedorf e Thiago Silva, o time tenta se recompor.

Destaque na França, com o PSG despontando com o desejo de ser o principal time de futebol do planeta. 

Expectativa na estréia da liga espanhola, porém exclusivamente para Barcelona e Real Madrid. 

Confira tudo sobre o futebol Internacional pela ótica de um apaixonado.

Marcelo Alves Bellotti

sábado, 18 de agosto de 2012

DERAC - Itapetininga

O futebol do interior paulista tem muita história de times de muita tradição. Dentre eles, destacamos hoje o DERAC de Itapetininga.

DERAC é uma sigla que significa Departamento de Estrada de Rodagem Atlético Clube. Isso mesmo... é o time do DER!!! Situado em Itapetininga o time foi fundado em 26 de dezembro de 1950 por funcionários do Departamento local, a equipe foi a maior representante do povo de Itapetininga no futebol paulista. 

O Derac se orgulha de suas origens, representa o município de Itapetininga, município com mais de 145 mil habitantes. A cidade é conhecida como Terra das Escolas", Atenas do Sul Paulista" e "Terra da Cultura". O local tornou-se ponto de descanso de tropeiros que montavam ranchos nas suas terras devido ao pasto abundante. Historiadores contam que "A vila de Nossa Senhora dos Prazeres de Itapetininga foi oficialmente criada no dia 5 de novembro de 1770, quando foi celebrada uma missa solene pelo vigário da nova paróquia, padre Inácio de Araújo Ferreira. É nessa data que convencionou-se comemorar o aniversário da cidade, que mais tarde ficou conhecida como Itapetininga."

Itapetininga em Tupi Guarani significa "caminho das pedras secas ou caminho seco das pedras" e que segundo o historiador Aurélio Buarque de Holanda Ferreira, Itá  significa Pedra, Metal, etc. Então o nome da cidade pode ter sido originado das pedras encontradas nas margens do Rio, que hoje também se chama Itapetininga, onde os tropeiros passavam as noites a caminho de Sorocaba.

O time que orgulhou Itapetininga representou a cidade por 30 vezes nos Campeonatos da Federação Paulista de Futebol. Em suas fileiras, ídolos como Geraldo Alves e Sôco, sendo que o último é considerado o maior ídolo da história do clube.

O time também contou na sua história com Osvaldinho, hoje conhecido como Vadão, técnico de futebol que virou celebridade ao dirigir o Mogi Mirirm, apelidado de "carrocel caipira" com figuras destacadas do nosso futebol como Leto, Valber e o Penta Campeão Rivaldo.

Osvaldinho ou Vadão formou um ataque com Paulo Kashima e Niltinho, que é lembrado pelos Deraqueanos como um dos melhores ataques da história.

A história do clube é contada com maestria e muito carinho em um blog de nome "Museu Virtual Derac Itapetininga http://museuvirtualderac.blogspot.com.br/


O time tinha estádio próprio, estádio Engenheiro Péricles d'Ávila Mendes com capacidade para 5.928 lugares que durante muito tempo abrigou os jogos do orgulho de Itapetininga.


Em 1994 o time do Derac cedeu a sua vaga na FPF para o Esporte Clube Itapetininga, que hoje desativou o seu departamento de futebol profissional.

Esperamos que em breve, Itapetininga possa ter um representante no profissionalismo paulista.

Marcelo Alves Bellotti