Playlist

sábado, 30 de abril de 2011

Segundona Paulista 2011 - Cobertura total

O Paulistão da segunda divisão começou hoje as 10h com o jogo entre a Mauaense e o Guarujá que emparatam em Mauá pelo placar de 0 a 0.

O Mauaense é treinado pelo técnico Souza, que foi campeão paulista da primeira divisão (2º nível) em 1975 pelo Santo André.

Acompanhe os jogos desse fim de semana:

1ª RODADA
30/04 - 10h00 Mauaense 0 x 0 Guarujá
30/04 - 15h00 Tupã x Tanabi
30/04 - 15h00 Sumaré x Cotia
30/04 - 15h00 Porto Feliz x Capivariano
30/04 - 15h00 Atibaia x Primavera
30/04 - 15h00 Jacareí x Guarulhos
30/04 - 15h00 PC São José x Joseense
30/04 - 15h00 União Suzano x Manthiqueira
30/04 - 15h00 Nacional x Jabaquara
1/05 - 10h00 Fernandópolis x Assisense
1/05 - 10h00 Votuporanguense x José Bonifácio
1/05 - 10h00 Américo x Matonense
1/05 - 10h00 Guariba x Olé Brasil
1/05 - 10h00 Palmeirinha x São Judas
1/05 - 10h00 Independente x CAL Bariri
1/05 - 10h00 Palestra x EC São Bernardo
1/05 - 10h30 União Mogi x Ecus
1/05 - 11h00 Barretos x Jaboticabal
1/05 - 11h00 Elosport x Osasco
1/05 - 11h00 São Vicente x Portuguesa Santista

Marcelo Alves Bellotti

Futebol Portugês - Liga Orangina

A liga Orangina, a segunda divisão do Campeonato Português está empolgante. Se a primeira divisão chegou ao fim com cinco rodadas de antecedência, com o Porto sagrando-se campeão, a situação na segunda divisão é bem diferente.

O campeonato é liderado pelo Feirense, time da cidade de Santa Maria da Freira e conta com cinco jogadores brasileiros: os defensores Luciano e Elvis, o Médio Thiago e os atacantes Moises e Roberto. O time lidera o campeonato com 45 pontos ganhos em 25 jogos.

A exemplo da primeira divisão, a Liga Orangina tem 16 clubes. Como entraremos na 26ª rodada, o campeonato está a sete rodadas do seu final.

Em segundo lugar, com 1 ponto a menos (44) a equipe do Trofense, da cidade de Trofa tem em seu elenco os brasileiros Alex Alves (Goleiro) Luiz Eduardo e Aderlan Santos (zagueiros), Vitor Caicó, Nildo Petrolina e Moreilândia (Médios).

Classificam para a primeira divisão apenas os dois primeiros lugares. Hoje portanto, subiriam Feirense e Trofense.

Em terceiro lugar chega a equipe do Gil Vicente e o Oliveirense com 42 pontos ganhos.

O Gil Vicente conta no seu elenco com os ex-andreenses Junior Caiçara, Richard, Luiz Carlos e Ramazotti. Ainda no elenco temos os brasileiros Julio Cesar, Cladio, Rodrigo Gallo e Robson.

Já o Oliveirense, dos brasileiros Cris Beato, Willian Vinicius e Pedrinho e Ronaldo, luta para subir para a primeira divisão.

A rodada iniciou hoje com o jogo Moreirense 2x0 Oliveirense. Confira a rodada:

Moreirense 2 x 0 Oliveirense
SP. Covilhã  x  Varzim
Santa Clara  x  Penafiel
Feirense  x  Fatima
Arouca  x  Estoril Praia
Leixões  x  Desportivo Aves
Freaminde  x  Trofense
Gil Vicente  x  Belenenses

Confira!

Marcelo Alves Bellotti

terça-feira, 26 de abril de 2011

Modulo II - Campeonato Mineiro chega a última rodada

O módulo II do Campeonato Mineiro chegou a sua última rodada prometendo emoções fortes. Na chave C, três times lutam por apenas duas vagas.

A vaga na chave C será decidida no jogo decisivo do domingo entre Tricordiano e Ituiutaba no estádio Elias Arbex em Três Corações. O time de Ituiutaba joga por um simples empate.

No Parque do Sabiá, o Uberlândia abre a rodada jogando contra a Trobense. Mesmo com a vitória a classificação para a final é impossível, pois o time de Uberlândia só chegaria a 10 pontos ganhos, pontuação do Ituiutaba, contra 9 pontos do Tricordiano. Qualquer resultado nesse jogo tira a chance do Uberlândia de chegar a final.

Na chave D a vaga será decidida entre Patrocinense e Nacional/Nova Serrana que se enfrentam nesse domingo a partir das 16h00 em Nova Serrana, no estádio Astrogildo Duarte. A Patrocinense joga por um simples empate.

Completam a rodada, sem chances de classificação as equipes da URT contra Formiga, no estádio Zama Maciel, em Patos de Minas.

Marcelo Alves Bellotti

segunda-feira, 25 de abril de 2011

A3 - Resultados do fim de semana

A série A3 chega ao final do primeiro turno mostra no grupo 3 um equilíbrio impressionante e projeta jogos decisivos no returno.

O Velo Clube aproveitou o fato de jogar em Rio Claro e derrotou a Penapolense pelo placar de 2 a 1. Éder Paulista e Paulinho marcaram para o Velo e Fio descontou para o Penapolense.

O outro jogo da rodada pelo grupo 3, o Taubaté bateu o fraco XV de Jau pelo placar de 4 a 1. Thiago Cenedesi, Pitty e Gilsinho marcaram para o Taubaté. Uederson descontou para o XV de Jau.

Os resultados mostram Taubaté, Velo Clube e Penapolense estão empatados com 6 pontos ganhos na liderança do grupo. O returno promete muita emoção.

Pelo grupo 4 o time do São Carlos derrotou o Flamengo pelo placar de 2 a 0 e assumiu a liderança isolada do grupo. Rick dee falta e Evandro Paulista marcaram para a equipe de São Carlos.

No outro jogo do grupo, a Santacruzense derrotou o Grêmio Osasco com um gol solitário de Tom, no início do primeiro tempo.

O resultado deixa a Santacruzense na segunda colocação, com uma boa chance de classificação.

Marcelo Alves Bellotti

A2 - Acesso para os tradicionais!!

Os times de maior tradição do interior e que figuravam no quadranguar decisivo da série A2 conseguiram o acesso para a divisão de elite paulista.

No grupo 3 a classificação coube ao XV de Piracicaba que após 16 anos retorna a elite, após bater o Monte Azul por 4 a 1. Adilson, Rodolfo e Paulinho ajudaram a realização desse sonho.

Pelo grupo 4, a combinação das vitórias de Guarani e do Comercial colocaram os dois clubes tradicionais na A1 em 2012.

O Guarani retorna e espera não cometer os erros do passado. O Comercial se aproveitou de um embroglio envolvendo Votoraty e o seu pedido de licença no Paulistão e subiu para A2. Aproveitou a chance, reforçou o elenco e agora retorna para A1.

O herói do Guarani foi Jefferson Luís com três gols e Fabinho completou a goleada por 4 a 2 em Campinas sobre o Rio Preto. O Comercial se classificou com um gol contra de Marcio Santos.

O último classificado poderia sair do confronto entre Catanduvense e Atletico Sorocaba, porém o time de Geime Rotta foi derrotado em Sorocaba pelo placar de 3 a 2. Agora o time do bruxo depende de um simples empate para celebrar a seu retorno para a série A1, no sábado dia 30/04 em Catanduva contra o Monte Azul.

Marcelo Alves Bellotti

sábado, 23 de abril de 2011

Dia de definições na A2

Hoje o dia será de definições no Paulistão da série A2. Em Ribeirão Preto pelo grupo 4, o Comercial enfrenta o São José as 18h30 e com a vitória pode não apenas garantir o seu próprio acesso, mas também beneficia o Guarani, que mesmo sem jogar garantiria o acesso.

O clima é tenso, os dirigentes do São José reclamaram na semana um favorecimento a equipe Comercialina, citando alguns jogos supostamete manipulados a favor da equipe de Ribeirão Preto.

Pelo grupo 3, a Catanduvense joga a partir das 19h00 em Sorocaba contra o Atlético e caso vença estará garantida na série A1 em 2012. Em caso de empate, o bruxo vai depender de uma vitória do XV de Piracicaba sobre o Monte Azul. O jogo será amanhã as 15h00 em Monte Azul.

Marcelo Alves Bellotti

quinta-feira, 21 de abril de 2011

A3 - Santacruzense derrota Flamengo

No fechamento da rodada do Paulistao da A3, A Santactruzense derrotou o Flamengo de Guarulhos pelo placar de 3 a 0.

O resultado equilibra as forças no grupo 4 entre a Santacruzense e o próprio Flamengo, que hoje tem 6 pontos ganhos.

Jogandono estádio Leonidas Camarinha, em Santa Cruz do Rio Pardo, a equipe do  Santacruzense soube se impor e em nenhum momento foi ameaçado pela equipe de Guarulhos.

Os gols foram mafcados por Neto Mineiro, Washington e Diogo Kachuba para a Santacruzense.

O melhor da A3 está aqui!

Ficha Técnica

Santacruzense 3 x 0 Flamengo

Local: Estádio Leônidas Camarinha, em Santa Cruz do Rio Pardo-SP
Árbitro: Marcelo Prieto Alfieri
Assistentes: Francisco Reginaldo Moreira e Flademir Alves Bento
Renda: R$ 11.520,00
Púnlico: 1.152 pagantes
Cartões amarelos: Diogo Kachuba, Régis e Rafael Rocha (Santacruzense); Jonathas (Flamengo)
Gol: Neto Mineiro aos 37'/1T, Washington aos 42'/1T e Diogo Kachuba aos 37'/2T (Santacruzense)

Santacruzense
Pitareli; Rafael Rocha, Zé Hilton e Rufino; Leandrinho, Diogo Kachuba (Diogo Avaré), Magno, Washington e Ruan; Neto Mineiro (Régis) e Billy (Tom).
Técnico: Aldo Cavalari

Flamengo
Enderson; Cristovão, Thiago Veras, Felipe Baptista e Allan; Jonathas, Ronaldo, Douglas e Lauro César (Claudir); Felipe Desco (Sandro) e Cleiton Carreta (Vinicius Ramos).
Técnico: Ronaldo de Moraes

Marcelo Alves Bellotti

A3 - São Carlos derrota Grêmio em Osasco

O time do Grêmio Osasco foi novamente derrotado na seqüência do campeonato paulista da A3. Memso jogando no estádio José Liberatti em Osasco, o time do técnico Vampeta foi derrotado pelo placar mínimo.

O time de São Carlos mostrou muita consistência defensiva e soube neutralizar as poucas ações do GEO, que criou muito pouco.

O gol do São Carlos foi marcado pelo jogador Michel, aos 39 minutos do primeiro tempo.

Ficha Técnica

Grêmio Osasco 0 x 1 São Carlos

Local: Estádio José Liberatti, em Osasco-SP
Árbitro: Adriano de Assis Miranda
Assistentes: Edson Rodrigues dos Santos e Leonardo Schiavo Pedalini
Público: 689 total
Renda: R$ 4.095,00
Cartões amarelos: Samir (São Carlos); André Tavares (Grêmio Osasco)
Cartão vermelho: Samir (São Carlos)
Gols: Michel aos 39’/2T (São Carlos)

Grêmio Osasco
Paulão; Richard, Bruno Leandro e Eder; Rogério, Mineiro, Edinho (André Tavares), Furtuoso (Dedé) e Bruno Paes; Macena (Renato) e Bispo.
Técnico: Vampeta

São Carlos
Ronaldo; João Vitor, Samir e Alex; Marcus Vinicius, Diego Perine, Celsinho (Lucas Louzã), Rick e Michel (Tabarana); Carlos Henrique (Lucas Cezane) e Evandro Paulista.
Técnico: João Martins

Marcelo Alves Bellotti

A3 - Velo Clube derrota XV de Jau

Jogando no Benitão, em Rio Claro, o Velo Clube derrotou o XV de Jau pelo placar de 3 a 0.

O técnico João Valim soube impor o melhor futebol do Velo Clube sobre a equipe de Jaú, que apesar de se classificar na última rodada, parece ser o time mais fraco do grupo.

O Velo Clube abriu o placar logo aos cinco minutos do primeiro tempo, com Reginaldo. Ruhan ampliou aos 16 minutos do primeiro tempo. Com o placar já definido no início do jogo, o nível téncico caiu muito.

Aos 42 minutos do segundo tempo, Éder Paulista de cabeça deu números finais ao jogo.

FICHA TÉCNICA

Velo Clube 3 x 0 XV de Jaú

Local: Estádio Benito Agnello Castelano (Benitão), em Rio Claro-SP
Árbitro: Paulo Roberto de Sousa Jr.
Assistentes: Marcelo Luis da Silva e Adriana de Almeida Silva
Cartões amarelos: Calil e Erick (Velo Clube); Marinho, Ricardo, Thiago Miranda e Vinicius (XV de Jaú);
Gols: Reginaldo, aos 5’/1T, Ruhan, aos 16’/1T e Éder Paulista, ,aos 42’/2T (Velo Clube);

Velo Clube
Rodrigo; Ruhan, Edson Lima, Danilo Mendes e Erick; Dênis, Manu (Rafinha), Fabinho e Paulinho; Reginaldo (Éder Paulista) e Leleco (Calil).
Técnico: João Vallim.

XV de Jaú
Ricardo; Du Lopes, Gustavo (Uederson) e Thiago Miranda; Evinho, Marinho, Paraná, Vinicius e Danilo (Thiago Souza); Rodriguinho e Léo.
Técnico: Doriva Bueno.

Marcelo Alves Bellotti

A3 - Penapolense segue 100%

A Penapolense do atacante Luciano Gigante continua nadando de braçada na série A3. Sem dúvida, é um time que está hoje dimensionado em uma divisão errada. Caminha a passos largos para a A2 no ano que vem, sem maiores problemas.

Ontem o time de Penápolis bateu o Taubaté pelo placar de 2 a 0, gols de Fio e de Luciano Gigante, que agora tem 9 gols no campeonato.

A campanha do time do técnico Ito Roque é impressionante. O time tem apenas duas derrotas em todo o campeonato, em 20 jogos.

FICHA TÉCNICA

Penapolense 2 x 0 Taubaté

Local: Estádio Tenente Carriço, em Penápolis-SP
Árbitro: Cássio Luiz Zancopé
Assistentes: Everaldo Jorge da Silva e Marcela de Almeida Silva
Cartões amarelos: Jailton, Felipe e Santos (Penapolense)
Gols: Fio aos 6'/1T e Luciano Gigante aos 13'/2T (Penapolense)

Penapolense
Washington; Jailton, Biro e Perez; Niander, Santos, Zé Marcos, Felipe e Reinaldo; Fio e Luciano Gigante.
Técnico: Ito Roque.

Taubaté
Gisiel; Leo, Pitty e Emerson; Augusto, Anderson, Cenedesi, Kleber e Marquinhos; Hilton Mineiro (Rudimar) e Creedence (Douglas).
Técnico: Abelha.

Marcelo Alves Bellotti

segunda-feira, 18 de abril de 2011

A2 - Vitória coloca Monte Azul na briga

O Monte Azul do técnico Édson Só venceu o duelo contra o Atletico Sorocaba pelo placar de 1 a 0 e com isso continua tendo chances de se acesso a série A1.

O time do Monte Azul tem agora 5 pontos ganhos, apenas 1 atrás do XV de Piracicaba, adversário da próxima rodada, dia 24/04 em Monte Azul.

Uma vitória pode mudar completamente a situação do time no grupo, fazendo com que o Azulão jogue pelo empate na última rodada contra a Catanduvense.

A rodada do fim de semana promete ser emocionante! Em Piracicaba, apesar da desconfiança, o clima ainda é de esperança no retorno a série A1.

Essa é a A2 se aproximando do final com jogos empolgantes. Vale a pena ir ao estádio conferir!

Marcelo Alves Bellotti

Pequenofobia

Ouvi e gostei muito do termo utilizado pelo jornalista Flavio Gomes no tratamento dado aos clubes de menor torcida que a mídia tem dispensado e os profissionais de futebol em geral tem demonstrado com relação aos campeonatos estaduais.

Atentem-se aos Campeonato Paulista, principal alvo da crítica ácida dos profissionais após a fase de classificação. A fórmula desse ano simplismente procurou garantir a participação de todos os times de maior torcida no estado na fase decisiva do campeonato. Os times que estão reclamando hoje, vem pressionando a federação por conta de uma não participação deles em uma fase importante do campeonato.

Para exeplificar: em 2007 tivemos uma semi-final envolvendo Bragantino e São Caetano. A final envolveu Santos e São Caetano. Palmeiras e Corinthians perderam dinheiro fora das semi e o São Paulo perdeu em não ir à final.

No ano seguinte, o pior dos mundos. Uma semi-final entre dois "pequenos", de um lado, um time de uma empresa, com sede itinerante baseado exclusivamente em procurar investimentos, hoje com sede em Americana e do outo lado a Ponte Preta, o que garantia uma final com um time pequeno. Desta vez, Corinthians e Santosficarm de fora do "filé", perdendo em arrecadação. Restou ao São Paulo, mais uma vez e reclamação da perda de cotas relativas as finais do campeonato.

Em 2009, o mundo dos sonhos... os 4 grandes nas finais. Aí a discussão foi outra. O fim do futebol do interior. Profetas do apocalipse decretavam o fim do futebol no interior, a falência de clubes tradicionais como Ferroviária e XV de Piracicana, por exemplo e finais esvaziadas pelo fraco nível do campeonato.

Ano passado, Santo André e outro time itinerante de empresários já em sua segunda sede em Presidente Prudente, garantiram uma nova final com um time pequeno.

Como vemos, em quatro anos tivemos somente uma vez os 4 clubes de maior torcida justificarem seu alto investimento. Não tem muito, ou quase nada a ver com competência ou valor técnico, mas sim com a divisão de arrecadação. Os grandes levam mais pessoas aos estádios e não admitem dividir o bolo com os menores. A recente discussão das cotas de televisão escancarou essa situação.

É Possível valorizar um campeonato onde somente quatro times se destaquem? Como fazer isso? Fácil, basta se espelhar em campeonatos melhor organizados. Na espanha, temos duas equipes disputando um campeonato a parte e de estádios lotados em todas as rodadas.

O primeiro passo para isso é reconhecer o papel e a importância dos pequenos. Temos público para todos os jogos, para todos os campeonatos do país.

São Paulo é um estado enorme! O campeonato pode ser muito bem organizado, mesmo sem os grandes. O futebol é um negócio lucrativo e extremamente popular, e como tal, deve ser tratado de maneira profissional de modo a que não se torne elitista. Se só os grandes clubes de grandes cidades tiverem times de futebol, e o resto do país que acompanhe pela TV,em breve teremos um novo esporte com a preferência nacional. Algo como o vôlei, por exemplo, que hoje preenche um espaço nas cidades do interior onde o futebol deixou de ser importante e o time de volei passou a ser o motivo de orgulho da cidade e da região. Assim que se faz esporte, na minha opinião.

Marcelo Alves Bellotti

domingo, 17 de abril de 2011

A1 - E o Botinha ficou!!!

Ano que vem poderemos ter Come-Fogo na primeira divisão do Campeonato Paulista. Pelo menos o Botafogo de Ribeirão Preto cumpriu a sua parte.

Hoje a tarde no fechamento da primeira fase do campeonato, o Botinha do amigo Wilson Puga bateu o já classificado Mirassol no Estádio Santa Cruz em Ribeirão Preto.

O jogo foi decidido pelo atacante Anselmo, autor dos três gols do time. O Mirassol jogou com um time bastante modificado, pois ja estava classificado e facilitou bastante o trabalho do Bota.

Destaque também para Ituano e Linense que se salvaram na última rodada e permanecem na elite. Atenção para o Ituano que pelo segundo ano consecutivo chega a última rodada com a corda no pescoço.

Ficha Técnica

Botafogo 3 x 0 Mirassol

Local: Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto-SP
Árbitro: Leandro Bizzio Marinho
Assistentes: Daniel Luis Marques e Gustavo Rodrigues de Oliveira
Cartões amarelos: Pablo Escobar (Botafogo); Luiz Henrique, Danilo e Leandro Almeida (Mirassol)
Renda: R$ 30.095,00
Público: 3.320 pagantes
Gols: Anselmo 35'/1T, 20'/2T e 27'/2T (Botafogo)

Botafogo
Julio Cesar; Dida, Demerson, Gabriel e Andrezinho; Leandro Carvalho, Chicão, Rodrigo Soares e Pablo Escobar (Paulinho); Assisinho (Assis) e Anselmo (João Vitor).
Técnico: Argel Fucks.

Mirassol
Fernando Silva; Diogo Henrique, Danilo e Luiz Henrique (Arnaldo); Fabinho Capixaba (Munhoz), Otacílio, Leandro Almeida, Vitor Palito e Renato Peixe; Marcelinho e Guilherme (Vitor Henrique).
Técnico: Ivan Baitello.

Marcelo Alves Bellotti

A3 - Penapolense vence fora de casa

O fechamento da rodada da A3 preveu no encerramento da primeira rodada em Jau com a partida entre o XV de Jau contra a Penapolense.

O time de Penápolis mostrou a força da melhor campanha da fase de classifcação e mesmo jogando em Jau derrotou o XV pelo placar de 1 a 0, gol de Fio aos 3 minutos do segundo tempo.

O XV de Jaú foi o único mandante que perdeu seu jogo nessa primeira rodada.

FICHA TÉCNICA

XV de Jaú 0 x 1 Penapolense

Local: Estádio Zezinho Magalhães, o Jaúzão, em Jaú-SP
Data: 17/04/11
Árbitro: Douglas Marcucci
Assistentes: Junivan Rodrigues de Sousa e Edvânio Ferreira Duarte
Cartões amarelos: Vinicius, Danilo (XV de Jaú); Bahia, Carlão (Penapolense)
Gols: Fio aos 3’/2T (Penapolense)

XV de Jaú
Cairo; Everson Jaú, Du Lopes, Gustavo e Danilo; Marinho, Floriano, Vinicius e Paraná (Thiago Miranda); Rodriguinho e Luiz Ricardo.
Técnico: Doriva Bueno.

Penapolense
Washington; Niander, Carlão, Mineiro e Bahia; Perez, Santos, Rodolfo e Gleidson (Rodrigo Biro); Luciano Gigante e Felipe Alves.
Técnico: Ito Roque

Marcelo Alves Bellotti

A3 inicia segunda fase

Começou a segunda fase da série A3 na manhã desse domingo. Pelo grupo 4 o Flamengo de Guarulhos largou na frente e derrotou o Grêmio Osasco, do técnico Vampeta e do lateral/volante Rogério, com passagens por Palmeiras, Corinthians e Santo André.

O time do Flamengo abriu o placar com Douglas e chegou a vitória com uma cobrança de falta lateral de Murilo que o goleiro do Osasco não conseguiu segurar.

Na outra partida do grupo, o São Carlos não tomou conhecimento da Santacruzense e com uma exibição de gala de Evandro Paulista, que marcou três gols e venceu pelo placar de 4 a 1.

Régis completou o placar para São Carlos e Régis diminuiu para a Santacruzense.

No grupo 3, o Taubaté dos amigos do site www.burrodacentral.com.br venceu de virada a equipe do Velo Clube de Rio Claro.

Reginaldo abriu o placar para o Velo, mas Rudimar empatou e aos 46 minutos do segundo tempo o Burro chegou a vitória com uma cobrança de falta perfeita do meia Marquinhos.

Uma nota curiosa foi a paralização do jogo para que a ambulância pudesse levar um torcedor que passou mal para o hospital. Como se sabe, o jogo não pode prosseguir sem ambulância. Seria prudente que nos próximos jogos em Taubaté, mais de uma ambulância fique a disposição, evitando essa paralização, pois o jogo só reiniciou após o seu retorno

Acompanhe as emoções das finais do futebol do Interior!

Marcelo Alves Bellotti

Mineiro Módulo II - Patrocinense derrota Formiga e se aproxima do acesso

A equipe da Patrocinsense consolidou-se na liderança da Chave D  na segunda fase do Campeonato Mineiro - Módulo II de 2011. A equipe do técnico Gian Rodrigues, que deixou o Santo André no meio da Copa São Paulo Jr, derrotou o Formiga pelo placar de 2 a 0 na tarde de ontem, no estádio Julio Aguiar, em Patrocínio.

O público de 755 pessoas puderam acompanhar uma equipe determinada a ingressar no Módulo principal do futebol mineiro. Apoiada e subsidiada pela empresa que controla o futebol do Esporte Clube Santo André, o time chegou ao primeiro gol após uma ótima cobrança de falta do meia Cesinha, indicado por Sandro Gaucho para o time Andreense e dispensado pelo técnico Pintado, a bola bateu na trave e retornou para o lateral Fagundes, que completou para o gol.

Cesinha saiu e em seu lugar entra o bom meia Thiago Carvalho, formado na base andreense. Após bela jogada de Carvalho, Maxsuel fez 2 a 0 e decretou a vitória.

A torcida, segundo reportagem da TV Hoje, gritava "CAP na primeira divisão". O curioso disso é que o time atual da cidade chama-se "Sociedade Esportiva Patrocinense", fundado em maio do ano passado em meio a denúncias de mal uso de dinheiro público. O time ao qual se refere o grito da torcida é o "Clube Atlético Patrocinense", fundado em 19/03/1954 e que não disputa mais campeonatos profissionais.

A rodada segue hoje com Uberlândia x Tricordiano, Ituiutaba x Trombebse e Nacional x URT.

FICHA DO JOGO

PATROCINENSE 2 X 0 FORMIGA

Quarta rodada – Semifinal – Campeonato Mineiro – Modulo II
LOCAL: Estádio Júlio Aguiar – Patrocínio – MG
ARBITRAGEM: Joel Tolentino da Mata Júnior (CBF/FMF), Flamarion Sócrates da Silva (CBF/FMF) e Chíntia Mara da Silva (FMF).
Cartões amarelos: Leandro e Pedrinho (Formiga). Cartão vermelho: Leandro Paraná (Formiga)
Público pagante: 755 pessoas. Renda: R$ 7.050

PATROCINENSE: Tiago Gaúcho; Fagundes, Paulinho, Tayrone e João Lucas; Thiago Lima, Vinicius Kiss, Cesinha (Thiago Carvalho) e Ivan Paulista (Timóteo); Leo Paraíba (Cinézio) e Maxsuel.
Tec.: Gian Rodrigues.

FORMIGA: Wanderson, Alex, Ciro, Weudes e Pedrinho (Luisinho); Cafu, Leandro Paraná, Donizete e Everton (Nivaldo); Marlon e Berg (Fênix).
Tec.: Fred Pereira

Marcelo Alves Bellotti

A2 - São José se recupera e goleia

A equipe do São José jogou ontem contra o Rio Preto uma partida que seria decisiva para a continuidade da esperança de subir de divisão no ano de 2012. Uma derrota significaria o fim do sonho do retorno a principal série do futebol paulista.

Apesar disso, quem começou melhor o jogo foi o Rio Preto. Mais calmo, o Jacaré conseguia conter com eficiência os ataques do time Joseense. Tudo ficou mais difícil para a Águia do Vale, após a expulsão de Simião, ainda no primeiro tempo.

No início do segundo tempo, o Rio Preto abriu o placar, com artilheiro Bruno Nunes, logo aos 2 minutos.

O gol teve o efeito contrário do que se poderia imaginar. O time Joseense foi pra cima do Rio Pretro e conseguiu o empate aos 10 minutos, em uma assistência de Nena e o gol de Rodrigo Pardal.

O time do São José nem parecia ter um jogador a menos. Aos 15 minutos, Edimílson fez 2 a 1 de cabeça, após cobrança de escanteio. O técnico estreante Luiz Muller resolveu então colocar o centroavante Valdir Papel, em briga com a torcida e com a imprensa de São José dos Campos. Motivado, em um de seus primeiros lances com um toque de letra, ele completou para o gol marcando o terceiro para o São josé.

Totalmente perdido em campo, o Rio Preto não conseguia articular jogadas e sequer esboçava reação. Aos 30 minutos, Nena marcou o quarto gol e manteve acesa a chama do acesso para a equipe Joseense.

Agora, a situação do grupo 4 mostra o Guarani na liderança com 8 pontos ganhos, o Comercial com 6 e o São José com 4 pontos ganhos. O Rio Preto fecha a classificação com 3 pontos ganhos e se complica na luta pelo acesso.

Ficha Técnica

São José 4 x 1 Rio Preto

Local: Estádio Martins Pereira, em São José dos Campos
Árbitro: Edson Reis Pavani Junior
Público: 4.015 pagantes
Renda: R$ 26.105,00
Assistentes: David Botelho Barbosa e Danilo Ricardo Simon Manis
Cartões amarelos: Rossini, Lucas, Simião e Velicka (São José); Marcelo Ferreira e Romarinho (Rio Preto)
Cartão vermelho: Simião (São José)
Gols: Bruno Nunes aos 2’/2T (Rio Preto); Rodrigo Pardal aos 10’/2T, Edmílson aos 15’/2T, Valdir Papel aos 26’/2T e Nena aos 30’/2T (São José).

São José
Carlão; Lucas, Marcio Santos, Paulão e Rogerio; Edmilson, Simiao, Rossini, Velicka (Paulo Santos); Nena (Fabio Gomes) e Rodrigo Pardal (Valdir Papel).
Técnico: Luís Muller

Rio Preto
Rafael; Hélio (Alan), Éder Baiano e Luciano; Marcelo Ferreira, Ezio (Ronaldo Dias) (Jô), Geovane, Romarinho e Alex Braz; Bruno Nunes.
Técnico: Betão Alcântara

Marcelo Alves Bellotti

sábado, 16 de abril de 2011

Catanduvense derrota XV e chega a liderança

O time do Grêmio Catanduvense jogou hoje novamente contra o XV de Piracicaba, na abertura do returno.

O jogo foi movimentado, com a equipe da Catanduvense dominando as ações de meio campo. Ao XV restavam os contra-ataques que levavam perigo ao gol do Burxo. O placar foi movimentado logo no início do jogo. O centroavante Osny abriu o marcador logo aos 6 minutos do primeiro tempo.

O bruxo seguiu seu domínio, criando as melhores oportunidades do primeiro tempo até que Thiago Mineiro ampliou o placar para o time da casa.

Ao XV de Piracicaba só restava atacar, e assim começou o segundo tempo. Aos poucos o XV foi tomando conta do meio campo. A Catanduvense recuou perigosamente especulando somente em contra-ataques. Mas o gol do XV saiu somente aos 48 minutos do segundo tempo. Após boa jogada de João Paulo Garcia, o atacante Adilson deu números finais a partida.

A rodada se completa amanhão com o encontro entre Atletico Sorocaba e Monte Azul.

Ficha Técnica

Catanduvense 2 x 1 XV de Piracicaba

Local: Estádio Silvio Salles, em Catanduva
Árbitro: Guilherme Ceretta de Lima
Assistentes: Celso Barbosa de Oliveira e Carlos Alberto Funari
Renda: R$ 23.089,00 reais
Público: 3.404 pagantes
Cartões amarelos: Marcus Vinícius (XV de Piracicaba)
Gols: Osny aos 6'/1T e Thiago Mineiro aos 43'/2T (Catanduvense); Adilson aos 48'/2T (XV de Piracicaba)

Catanduvense
Guilherme; Carlinhos (Samuel), Márcio Garcia, Willian e Júnior Barbosa; Du, Juninho, Jeférson e Robson Goiano (Mirita); Osny (Thiago Mineiro) e Fabinho.
Técnico: Geime Rotta

XV de Piracicaba
Wanderson; Vinicius Bovi, Marcus Vinícius, João Paulo e Anderson; Gláuber (Marlon), Jordy Guerreiro, Ricardinho e André Cunha (Paulinho); Adílson e Fábio Santos (João Paulo Garcia).
Técnico: Moisés Egert

Marcelo Alves Bellotti

A2 é pura emoção!!! Guarani e Comercial ficam no empate!

Em Campinas, tivemos o início do Segundo Turno da fase final da séire A2 com um jogo cheio de emoção. Para o Guarani, a vitória significava a classificação enquanto que para o Comercial, a necessidade de um bom resultado para continuar brigando pela classificação.

A emoção começou já aos 4 minutos quando Vagner abriu o placar para o Bafo. O Guarani não se entregou e partiu para o ataque. Aos 11 minutos, o zagueiro Marcel marcou contra e decretou o empate. O segundo gol do Guarani demorou a vir. Aos 14 minutos do segundo tempo, Rafael Tavares, zagueiro do Comercial, companheiro de zaga de Marcel marcou o gol da virada do Guarani.

Eram jogados 14 minutos do segundo tempo e o placar ainda estava longe de ser decidido. Vagner empatou o jogo aos 19 minutos do segundo tempo. O jogo seguia igual e dramático quando Sílvio colocou o Comercial na frente, virando o jogo novamente para a equipe de Ribeirão Preto.

O Guarani partiu para cima e conseguiu o empate aos 39 do segundo tempo através de Aílson. Assim que deve ser disputada uma partida de futebol. Ambos os times atirados ao ataque e sem medo. O resultado acabou sendo igualmete bom para as equipes, que agora torcem para que o Rio Preto não vença o seu jogo contra o São José em São José dos Campos, fazendo com que ambos fiquem em situação confortável.

Sem dúvida, hoje em Campinas tivemos o melhor jogo da A2 este ano!

Ficha Técnica

Guarani 3 x 3 Comercial

Local: Estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas
Público: 9.462 pagantes
Renda: R$ 91.298,00
Árbitro: Vinicius Furlan
Assistentes: Matheus Camolesi e Fábio Rogério Baesteiro
Cartões amarelos: Jefferson Luís (Guarani)
Gols: Vágner, aos 4'/1T e 19'/2T e Silvio, aos 29'/2T (Comercial); Marcel, aos 11'/1T (contra), Rafael Tavares (contra), aos 14'/2T, Aílson, aos 39'/2T (Guarani)

Guarani
Emerson; Chiquinho, Neto (Luis Gustavo), Ailson e Carlinhos; Carlos, Lusmar, Rafael Ipuã (Jefferson Luis) e Rodrigo Paulista (Dairo); Fabinho e Marcos Denner.
Técnico: Vilson Tadei

Comercial
Alex Santana; Rafael Lomas, Marcel, Rafael Tavares e Rossato; Vágner, Giglio, Jordã (Capixaba); Sílvio, Marcelo Soares (Diego Gaúcho) e Tiago Cavalcanti (Léo).
Técnico: Márcio Fernandes

Marcelo Alves Bellotti

terça-feira, 12 de abril de 2011

A3 - Jogos da segunda fase

Saiu a tabela da segunda fase da série A3. Os grupos foram divididos em:

Grupo 3: Velo Clube, Penapolense, Taubaté e XV de Jau;
Grupo 4: Grêmio Osasco, São Carlos, Santacruzense e Flamengo.

A rodada tem início dia 17/04 com os confrontos abaixo. Acompanhe tudo da fase final da série a3! Apenas dois times de cada grupo estarão na série A2 de 2012. A fase final será repleta de emoção:

17/04 - 10h00TaubatéxVelo Clube
17/04 - 10h00FlamengoxGrêmio Osasco
17/04 - 10h00São CarlosxSantacruzense
17/04 - 18h30XV de JaúxPenapolense

segunda-feira, 11 de abril de 2011

Blog do Futebol do Interior

A2 - Guarani empata fora de casa

O Guarani empatou no último fim de semana jogando em Ribeirão Preto contra o Comercial. O resultado foi extremamente bom para o Guarani e talvez seja bom para o Comercial.

O lado bom do time de Ribeirão Preto foi o futebol apresentado. O time do Comercial foi muito bem no segundo tempo do jogo e pressionou o tempo todo procurando o gol, que não veio.

No outro jogo do grupo, o Rio Preto goleou o São José pelo placar de 3 a 0. Jogando no estádio Anisio Haddad em São José do Rio Preto.

O presidente do São José não aguentou os péssimos resultados das primeiras rodadas e demitiu o técnico Tarcísio Pugliese já no vestiário. O time anunciou hoje Luís Muller, ex-tecnico do São Bento.

Marcelo Alves Bellotti

domingo, 10 de abril de 2011

A3 define seus classificados

A série A3 chegou a última rodada com jogos empolgantes. Acompanhei o jogo entre XV de Jau e Inter de Bebedouro. O XV não jogou bem, apesar de ter pressionado o time de Bebedouro, o XV se mostrou extremamente nervoso e foi superado em casa pelo placar de 1 a 0

O Burro da Central derrotou a Inter de Limeira pelo placar mínimo e se classificou. O Flamengo de Guarulhos também se classificou aqo bater o Paulinia pelo plecar de 3 a 1. Lamentável o Juventus, que mesmo ganhando o seu jogo, não conseguiu a classificação.

Os classificados:

Grupo 1: Penapolense, Santacruzense, São Carlos e Xv de Jau
Grupo 2: Grêmio Osasco, Velo Clube, Taubaté e Flamengo

Os que permanecem na A3

Batatais, Osvaldo Cruz, Francana, Inter de Bebedouro, Juventus, Inter de Limeira, Itapirense e Taboão da Serra.

Os rebaixados:

Taquaritinga, Lemense, Paulínia e Barueri

Marcelo Alves Bellotti

A2 - XV de Piracicaba perde em casa e se complica

A rodada da A2 seguiu nesse sábado e mostrou um equilíbrio entre as equipes. No Barão de Serra Negra, para a tristeza do amigo Patrick, o seu XV de Piracicaba foi derrotado em casa pela boa equipe da Catanduvense pelo placar de 2 a 1.

Patrick é um apaixonado pelo XV. Se orgulha do fato de ter jogado na base do time de Piracicaba. Meia de relativa habilidade, resolveu abandonar o futebol mas até hoje exibe orgulhoso o distintivo do time de coração em sua mesa de trabalho.O Nho Quim recebeu todo o apoio da sua torcida, um público fantástico de 17 mil pagantes estavam presentes no estádio e viram a força do time de Catanduva.

O jogo foi extremamente favorável para o Catanduvense. O técnico Rotta sabia que o único resltado que interessava era a vitória. Colocou o time do Bruxo em cima do XV de Piracicaba e impôs o ritmo do jogo. O destaque absoluto do jogo foi Daniel Costa. O meia da Catanduvense fez dois gols e foi expulso de campo, após deixar o brao e atingir o adversário.

O XV de Piracicaba chegou ao seu gol de honra somente nos acrescimos, aos 47 do segundo tempo com André Cunha.

As duas equipes retornam a campo no próximo sábado, agora em Catanduva, no estádio Silvio Salles.

Ficha Técnica

XV de Piracicaba 1 x 2 Catanduvense

Local: Estádio Barão de Serra Negra, em Piracicaba
Público: 17.897 pagantes
Renda: R$ 198.708,00
Árbitro: Claudinei Forati Silva
Assistentes: Vicente Romano Neto e Maria Nubia Ferreira Leite
Cartões amarelos: Everton, João Paulo (XV de Piracicaba); Junior Barbosa, Juninho, Jeferson, Márcio Garcia, João Henrique (Catanduvense)
Cartão vermelho: Daniel Costa (Catanduvense)
Gols: André Cunha, aos 47'/2T (XV de Piracicaba); Daniel Costa, aos 2'/2T e 5'/2T (Catanduvense)

XV de Piracicaba
Wanderson; Vinicius Bovi, João Paulo, Everton e Anderson; Jordy Guerreiro, Diego Araujo (Marlon), André Cunha e Ricardinho; Fábio Santos (João Paulo Garcia) e Adilson (Paulinho)
Técnico: Moises Egert

Catanduvense
Guilherme; Carlinhos, Marcio Garcia, Willian e Junior Barbosa (Mirita); Juninho, Du, Jefferson (Robson Goiano) e Daniel Costa; Osny e João Henrique (Fabinho)
Técnico: Geime Rotta

Marcelo Alves Bellotti

quarta-feira, 6 de abril de 2011

A2 XV de Piracicaba e Guarani 100%!!!

O XV de Pircicaba do amigo Patrick venceu o seu segundo jogo e segue 100% no grupo.

Jogando no Barão de Serra Negra o Nhô Quim chegou a uma vitória importante que o consolida na primeira posição do grupo. Os gols do time de Piracicaba foram marcados por Adilson e Diego Araujo.

No outro jogo do grupo, a Catanduvense chegou ao segundo empate, agora contra o Atlético Sorocaba jogando em seu campo em Catanduva. O gol da Catanduvense foi marcado pelo centroavante Osny de penalti. O empate veio com um gol de Fabiano também de Penalti.

No grupo 4 o São Jose não passou de um empate sem gols com o Comercial jogando em seu estádio. O resultado complicou a situação para a Aguia do Vale.

Em São José do Rio Preto, o Guarani chegou a sua segunda vitória e lidera o grupo com 100% de aproveitamento. Os gols do Guarani foram marcados por Neto, Marcos Denner e Rodrigo Paulista. Bruno Nunes descontou para o Rio Preto.

Aos poucos, o desenrolar das rodadas, podemos apontar XV de Piracicaba, Catanduvense, Guarani e Comercial como favoritos ao acesso. São José e Atletico Sorocaba parecem em condições de mudar essa situação. Monte Azul e Rio Preto não inspiram confiança e, a princípio parecem ser candidatos a serem "saco de pancada" dos seus respectivos grupos.

Marcelo Alves Bellotti

segunda-feira, 4 de abril de 2011

A2 - Primeira rodada confirma favoritos

A primeira rodada da fase final da séie A2 começou ontem sem maiores surpresas. A grande surpresa ficou por conta do XV de Piracicaba, que derrotou o Atletico Sorocaba pelo placar de 1 a 0.

O Comercial estreou na segunda fase com uma vitória sobre o Rio Preto e jogando em Campinas o Guarani bateu o São José pelo placar de 2 a 0.

Acompanhei o jogo entre Monte Azul e Catanduvense e pude ver o porquê a equipe da Catanduvense foi um dos destaques da primeira fase.

Mesmo jogando com um jogador a menos o time de Catanduva mostrou força e chegou ao empate aos 48 minutos do segundo tempo.

A rodada segue na próxima quarta-feira. Confira!

Marcelo Alves Bellotti

domingo, 3 de abril de 2011

A3 é Emoção pura na penúltima rodada

A série A3 chega à penúltima rodada com partidas emocionantes. O fechamento da rodada desse domingo mostrou a força do futebol do interior. Mesmo com a federação fazendo o possível para desvalorizar o campeonato e a grande mídia da capital dar de ombros para o que acontece no que eles chamam de "paulistinha".

Pelo grupo 1, Inter de Bebedouro bateu o Taquaritinga pelo placar de 2 a 0, gols de Rafinha e Matheus e segue com chances de evitar o rebaixamento.

A Santacruzense chegou à classificação ao bater a Francana pelo placar de 4 a 2. Neto Mineiro (2), Washington e Tom marcaram para a Santacruzense e Kal e Manuel diminuíram para a Francana.

A outra vaga ficou para o São Carlos que derrotou o Osvaldo Cruz pelo placar de 2 a 1. Até 48 minutos do segundo tempo, o placar mostrava 1 a 0 para o Osvaldo Cruz, gol de Ale. O empate veio com um gol de Marcus Vinicius e a vitória veio somente aos 50 minutos do segundo tempo com Gustavo marcando de cabeça.

Pelo grupo 2, nada definido. O Velo Clube assumiu a segunda colocação ao bater o Flamengo de Guarulhos pelo placar de 3 a 0, gols de Leleco (2) e Érik, A Inter de Limeira chegou à terceira colocação após vencer o líder e já classificado Gêmio Osasco, gols de Lucas Biselli e Lucas Lima e o Taubaté assumiu a quarta posição após o empate em Taboão da Serra contra o time da casa pelo placar de 1 a 1. Augusto marcou de pênalti para o Burro da Central e Willian empatou também em uma cobrança de pênalti.

A briga seguiu também na zona de rebaixamento, onde o Barueri ganhou do Paulínia pelo placar de 4 a 2 na casa do adversário. Gilson foi o destaque do time de Barueri marcando três gols e Wesley fechou o placar. Para o Paulínia marcaram Bruno Ré e João Victor.

A última rodada promete ser emocionante, com disputa pela classificação e contra o rebaixamento. Confira!

Marcelo Alves Bellotti

sábado, 2 de abril de 2011

Série A3 - Juventus goleia e segue na briga

O Juventus derrotou a Itapirense  pelo placar de 4 a 0 hoje a noite em Itapira. Mesmo jogando fora de casa, o Juventus soube impor o seu melhor futebol e deu um passo gigantesco para a classificação para a segunda fase da série A3.

No momento o time da Mooca está em 4ºlugar no grupo 2 com 23 pontos ganhos, o mesmo número de pontos do Flamengo de Guarulhos, do Velo Clube, do Taubaté e da própria Itapirense. A briga promete muita emoção no fechamento dessa rodada.

No grupo 1 o Batatais após uma grande vitória pelo placar de 4 a 1 e permanece na disputa por uma vaga na próxima fase do Paulistão.

Enquanto isso, a Penapolense continua nadando de braçadas e segue como o melhor time do campeonato com 39 pontos ganhos em 17 jogos.

A rodada segue nesse domingo. No grupo 1 o São Carlos recebe o Osvaldo Cruz, a Santacruzense recebe a desmotivada Francana e o Inter de Bebedouro joga a permanência na série A3 contra o Taquaritunga, em um jogo de seis pontos.

No grupo 2 o Taboão da Serra recebe o Taubaté, o Paulínia recebe o Barueri e define um dos rebaixados. O Velo Clube recebe o Flamengo de Guarulhos em Rio Claro.

Acompanhe a rodada da A3 nesse espaço!

Marcelo Alves Bellotti

A1 - Paulista vacila e é derrotado

Em uma partida empolgante o Paulista foi derrotado de virada pelo Mogi Mirim pelo placar de 3 a 2.

O jogo começou com a vantagem do Paulista marcando um gol com Barboza aos 13 minutos. O Paulista dominava as ações e contolava o jogo até que Maisena empatou a partida em um gol de falta.

Porém aos 40 minutos, Fabio Gomes fez um gol fantástico, um petardo do meio da rua e colocou o Paulista novamente em vantagem.

No segundo tempo o Paulista recuou para jogar nos contra-ataques e pagou caro por isso. Roberto Jacaré empatou o jogo com Roberto Jacaré e chegou a vitória com Tiago Alves, aos 47 minutos do segundo tempo.

O último lance do jogo o Paulista quase empata, mas no final o Mogi Mirim chega a vitória que faltava para garantir a sua permanência na série A1.

Destaque para a vitória do São Caetano sobre o São Bernardo pelo placar de 6 a 1 com 5 gols do centroavante Eduardo e um gol de Antônio Flavio, aplicando a maior goleada do campeonato.

Ficha Técnica

Paulista 2 x 3 Mogi Mirim

Local: Estádio Jayme Cintra, em Jundiaí-SP
Público: 1.310 pagantes
Renda: R$ 30.433,00
Árbitro: Welton Orlando Wohnrath
Assistentes: Fabio Luiz Freire e William Rogério dos Santos Turola
Cartões amarelos: Baiano, Guigov (Paulista); Fernando (Mogi Mirim)
Gols: Barboza, aos 13'/1T, Fábio Gomes, aos 38'/1T (Paulista); Maisena, aos 26'/1T, Roberto Jacaré, aos 33'/2T e Tiago Alves, aos 47'/2T (Mogi Mirim)

Paulista
Felipe Alves; Weldinho, Henrique, Eli Sabiá e Guigov; João Paulo, Fábio Gomes, Baiano (Samuel Xavier) e Diego Barboza (Tutinha); Hernane e Vanderlei (Marquinhos).
Técnico: Wagner Lopes.

Mogi Mirim
João Paulo; Audalio, Tiago Alves e Everton Dias (Emerson, depois Ytalo); Maisena, Baraka, Fernando, Geovane (Cristiano) e Cleidson; Roberto Jacaré e Denilson.
Técnico: Guto Ferreira.

Marcelo Alves Bellotti